Economia

Funchal: projetamos volta do superávit primário em 2023/2024

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Bruno Funchal, disse nesta quinta-feira, 22, que a projeção atual da equipe econômica para zerar o déficit primário passou de 2025/2026 para 2023/2024.

“Com o controle de despesas, a novas projeções de receitas e de crescimento do PIB, a projeção foi antecipada para algum momento entre 2023 e 2024”, respondeu.

Funchal confirmou que o governo deverá enviar um PLN ao Congresso após o recesso parlamentar para liberar os R$ 2,807 bilhões de folga adicional para o teto de gastos neste ano. “No PLN vai estar descrita a distribuição desses recursos para os ministérios e órgãos”, completou.

Segundo o secretário do Tesouro, o total de gastos com créditos extraordinários – fora do teto – já programados em 2021 é de R$ 124,9 bilhões. “Não devemos ter muito mais do que isso, talvez alguma coisa para a Saúde, podendo chegar a R$ 130 bilhões”, detalhou.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago