Estilo

Frotas retomam navegação de luxo

Crédito: Divulgação

Depois de anunciar para setembro o próximo cruzeiro do Splendor (fotos à esquerda), a Regent Seven Seas Cruises confirmou que sua frota completa de cinco embarcações estará de volta aos mares até fevereiro de 2022, quando a empresa completa 30 anos.

Como parte do plano de retorno foram criadas 17 novas viagens na Europa e no Caribe, a bordo dos navios Explorer e Voyager. “Esperamos que os viajantes possam encontrar um novo motivo para navegar conosco em nossos cruzeiros recém-criados”, disse o presidente e CEO da Regent, Jason Montague.

A empresa que se autodenomina “a frota mais luxuosa do mundo” deu início às vendas dos novos cruzeiros esta semana pelo site www.rssc.com/regent-returns. Para não ficar a ver navios, a concorrente MSC Cruzeiros estreou no final de maio o MSC Virtuosa (fotos à direita), um dos navios mais inovadores e sustentáveis da companhia.

Ele tem 19 andares e promenade de 112 metros com um impressionante teto de LED. “Uma das atrações exclusivas é o MSC Starship Club, projetado para criar uma atmosfera futurista imersiva que mistura bar e entretenimento, trazendo o primeiro bartender robô humanoide dos mares, o Rob”, afirmou o diretor-geral da MSC Cruzeiros no Brasil, Adrian Ursilli. Para quem busca exclusividade, o MSC Yacht Club é um serviço premium com o conceito de “iate dentro do navio”.

Os hóspedes podem se beneficiar do serviço de mordomo 24 horas e de uma dedicada equipe de concierges, além de instalações privativas como o restaurante gourmet, lounge, uma espaçosa área de piscina e um solário. Informações e reservas em www.msccruzeiros.com.br.

(Nota publicada na edição 1226 da Revista Dinheiro)