Agronegócio

Frango/EUA: Sanderson Farms diz que coronavírus é grande obstáculo a exportações


Chicago, 2 – A disseminação do coronavírus e as medidas para conter a doença estão se revelando um grande obstáculo às exportações, segundo a processadora de carne de frango Sanderson Farms, dos Estados Unidos. A companhia continua exportando frango para a China, onde as restrições logísticas estão sendo relaxadas. A situação, porém, é mais complicada em mercados como Casaquistão e Vietnã, onde medidas para combater o vírus, como isolamento social, estão reduzindo as importações, disse o CEO, Joe Sanderson, durante teleconferência.

A queda da demanda por petróleo também está criando dificuldades para alguns países que dependem das receitas geradas pela commodity, como Angola. Além disso, o fortalecimento do dólar está tornando produtos norte-americanos mais caros em relação aos de países como o Brasil, afirmou o executivo.

Sanderson disse também que, com a forte queda da demanda de restaurantes por causa do coronavírus, a companhia cogitou sacrificar algumas das aves maiores que são criadas para esse segmento, já que haveria custos adicionais de processamento e transporte para redirecioná-las ao varejo. No fim, a empresa decidiu processar as aves e vendê-las, afirmou. Fonte: Dow Jones Newswires.
()