Giro

Franceses querem que baguetes se tornem patrimônio imaterial

Crédito: Reprodução/Pexels

Um decreto do governo francês de 1993 determina que as baguetes "tradicionais" devem ser feitas com os quatro ingredientes clássicos. (Crédito: Reprodução/Pexels)

A Confederação dos Padeiros Franceses apresentou um pedido à UNESCO para declarar as baguetes francesas tradicionais como Patrimônio Imaterial, como uma medida preventiva de protegê-las de todas as variedades industriais.

Um decreto do governo francês de 1993 determina que as baguetes “tradicionais” devem ser feitas com os quatro ingredientes clássicos. A fermentação da massa deve demorar entre 15 a 20 horas a uma temperatura entre 4 a 6 graus Celsius.

+ Obesidade não significa risco de doenças cardíacas, diz estudo

Cerca de 6 milhões de baguetes são vendidas diariamente em França, mas Dominique Anract, presidente da confederação de padeiros, disse que o hábito cultural está ameaçado, sendo que cerca de 30.000 padarias fecharam portas desde 1950, quando os supermercados assumiram o controle.

A distinção da UNESCO como “patrimônio imaterial” reconhece as tradições orais, artes cênicas, práticas sociais, rituais e métodos artesanais tradicionais. Esta designação já cobre os métodos antigos de fazer pães no Irã e no Cazaquistão.

O símbolo da cultura francesa é agora candidata a patrimônio imaterial da humanidade da UNESCO e a decisão será conhecida em finais de março.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel