Giro

França supera pela primeira vez os 30.000 casos de covid-19 em 24 horas

Crédito: Arquivo / AFP

O presidente francês, Emmanuel Macron, em 1º de outubro de 2020 - POOL/AFP/Arquivos (Crédito: Arquivo / AFP)

A França ultrapassou 30.000 novos casos de covid-19 em 24 horas nesta quinta-feira (15), pela primeira vez desde o lançamento dos testes em massa, informou a agência de saúde pública.

O número de casos confirmados sobe para 30.621, informou a agência em seu comunicado.

Já o número de mortes atribuíveis à doença sobe para 88, o que coloca o saldo total desde o início da epidemia em 33.125.

+ França decreta toque de recolher noturno em nove cidades, inclusive Paris, por covid
+ Casa do ministro da Saúde da França é alvo de operação da polícia

A França ultrapassou 20.000 casos apenas no último dia 9 de outubro. A taxa para exames diagnósticos positivos (proporção de pessoas testadas positivas sobre o total de pessoas que fazem exames) continua aumentando: chega a 12,6% (em comparação a 12,2% na quarta-feira).

Durante vários dias, os pacientes em respiradores também aumentaram: 226 na terça, 193 na quarta, 219 na quinta.

Esse indicador é um dos mais monitorados pelas autoridades, que temem que os serviços de emergência acabem sobrecarregados.

O saldo de pacientes em respiradores atualmente sobe para 1.741, assim sendo 77 a mais que no dia anterior.

A França possui atualmente 5.800 leitos de terapia intensiva.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?