Economia

França ‘salvou’ sua temporada de verão graças ao turismo nacional

Crédito: AFP

Banhistas aproveitam a praia de Mare e Sol em Coti-Chiavari, na ilha francesa de Corsica - AFP (Crédito: AFP)

O turismo nacional “salvou” a temporada de verão na França, que sofreu uma forte queda na renda proveniente dos turistas internacionais devido ao impacto do coronavírus, segundo um relatório apresentado nesta quarta-feira (16) pelo secretário de Estado responsável por este setor.

A receita do turismo internacional caiu 49,4% de janeiro ao final de julho de 2020 na França, mas o turismo nacional compensou parcialmente essas perdas, disse Jean-Baptiste Lemoyne, durante uma reunião de gabinete.

OMS alerta sobre aumento de casos e hospitalizações por covid-19

Máscaras para pessoal de saúde são menos adaptadas para mulheres e asiáticos, diz estudo

Embora a catástrofe em termos de viagens para o exterior não poupe ninguém – como revelam os dados publicados na terça-feira pela Organização Mundial do Turismo (OMT), que informam uma perda de 460 bilhões de dólares para o setor em todo o mundo no primeiro semestre do ano -, a França parece resistir um pouco melhor do que alguns de seus vizinhos.

94% dos franceses que saíram de férias ficaram na França, o que indica que a queda prevista do gasto turístico em 2020, incluindo turistas franceses e estrangeiros, deve ser mais limitada do que na Espanha ou Itália, segundo o relatório.

Comparativamente, “em julho, primeiro mês de uma recuperação real da mobilidade internacional”, a queda foi respectivamente de “-75% da assistência internacional para Espanha e -66% para Itália”, contra -41% na França.

No entanto, Lemoyne pediu aos franceses que “continuem apoiando” o turismo nacional nos próximos meses, que ele estima que serão “complicados”.

“Além da hoteleria em Paris e nas grandes cidades”, a organização de eventos e as agências de viagens são os dois setores que mais sofreram com esta crise, diz o relatório.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?