Giro

Fracasso nas negociações sobre nova trégua no leste da Ucrânia

Fracasso nas negociações sobre nova trégua no leste da Ucrânia

Soldado ucraniano passa por prédio destruídos no bairro de Shyrokyne perto de Mariupol, a última grande ciedade no leste da Ucrânia controlada por Kiev - AFP

Os negociadores ucranianos, russos e separatistas não conseguiram concretizar uma trégua no leste da Ucrânia devido à aproximação da Páscoa ortodoxa, anunciaram os mediadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) nesta quinta-feira (29).



Infelizmente, “nenhum acordo foi concluído”, disse a OSCE em um comunicado.

O porta-voz da delegação ucraniana, Oleksi Arestovich, citado pela agência de notícias Interfax-Ucrania, destacou que as discussões foram “construtivas” e que “as consultas vão continuar”.

Considerados como padrinhos militares dos separatistas, os russos culpam Kiev por ter “bloqueado suas propostas sobre mecanismos para prevenir violações à trégua”, por meio de seu representante Boris Gryzlov.

Desde o início do ano, os confrontos entre as forças ucranianas e os separatistas aumentaram após uma trégua amplamente respeitada durante a segunda metade de 2020.

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022



Cerca de trinta soldados ucranianos morreram desde 1º de janeiro, contra 50 no total em 2020. Nesta quinta-feira, um militar ficou ferido de acordo com o exército ucraniano. Os separatistas informaram a perda de cerca de 20 combatentes desde janeiro.

Paralelamente, as tensões aumentaram com Moscou, que enviou oficialmente em manobras até 100.000 soldados nas últimas semanas, perto de suas fronteiras com a Ucrânia e na anexada península da Crimeia.

A Rússia anunciou na semana passada a retirada de suas tropas das áreas fronteiriças, mas a tensão na linha de frente não diminuiu, de acordo com a Ucrânia e a OSCE.

“Não vejo que esta retirada tenha ajudado a melhorar a situação. Na verdade, eliminou os riscos de expansão da guerra”, disse à AFP uma fonte próxima à Presidência ucraniana.

A guerra no leste da Ucrânia provocou mais de 13.000 mortes desde 2014.


Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto