Economia

Foxconn, fornecedor da Apple, apresenta modelos de veículos elétricos

Foxconn, fornecedor da Apple, apresenta modelos de veículos elétricos

Foxconn é o maior fabricante de eletrônica por contrato do mundo - AFP

Foxconn, gigante tecnológico de Taiwan, apresentou nesta segunda-feira (18) três modelos de carros elétricos, reforçando assim sua aposta em obter um papel importante no mercado deste tipo de veículo em rápida expansão, ao mesmo tempo em que busca empresas, com as quais se associar.



Maior fabricante de produtos eletrônicos por contrato do mundo, a Foxconn já desempenha um papel fundamental na montagem dos iPhones da Apple, assim como dos dispositivos de uma grande variedade das principais marcas internacionais.

Rapidamente, vem diversificando suas áreas de atuação para além da fabricação de eletrônicos e investiu em veículos elétricos. Neste segmento, estabeleceu uma joint venture com a montadora local Yulon Motor e comproou uma fábrica de automóveis em dificuldades, em Ohio.

Os modelos apresentados nesta segunda-feira – um sedã, um SUV e um ônibus – são veículos-conceito que a Foxconn espera poder construir com outros fabricantes.

“A Foxconn não é mais o novato na cidade”, declarou o presidente Young Liu na cerimônia de apresentação, em Taipei.



O fundador da Foxconn, Terry Gou, dirigiu seu sedã “Modelo E” até o local da cerimônia. Segundo ele, os veículos elétricos da empresa “demonstram a força industrial geral de Taiwan”.

A expectativa é que um veículo utilitário esportivo branco, o “Modelo C”, chegue ao mercado de Taiwan em 2023 com um preço em torno de 1 milhão de dólares taiwaneses (cerca de US$ 357.000), disse a empresa.

Seu ônibus elétrico “Modelo T” pode começar a operar no sul da cidade de Kaohsiung no ano que vem, se receber autorização do Ministério dos Transportes, anunciou o vice-primeiro-ministro, Shen Jong-chin.

A Foxconn investiu 10 bilhões de dólares taiwaneses (cerca de US$ 355 milhões) para desenvolver carros elétricos em 2020 e aumentará seu investimento nos próximos dois anos.

Liu disse que a empresa “construiu, de maneira gradual, uma cadeia de abastecimento e uma rede de distribuição de veículos elétricos”.


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?