Estilo

Four Seasons mais digital

A rede hoteleira de luxo atualiza aplicativo que torna possível ao hóspede personalizar, com apenas um clique, todos os detalhes da viagem, dentro e fora do hotel

Crédito: Divulgação

Viagem em cliques: aberto a clientes que não fazem parte do programa de fidelidade da rede, o app permite reservar de transportes a restaurantes badalados (Crédito: Divulgação)

Em 2015, a rede hoteleira de luxo o Four Seasons deu um passo importante para digitalizar sua operação. Lançou um aplicativo que possibilitava aos hóspedes programar toda hospedagem com apenas um clique, desde o check-in até os serviços de concierge. Na época, o recurso já não era exatamente um novidade: redes de luxo como Ritz-Carlton, Starwood e Marriott já haviam lançado seus apps. Embora tenha entrado tarde na onda digital, o Four Seasons está empenhado em ser uma referância na área. A rede acaba de atualizar seu aplicativo, que agora ganha um recurso ainda mais atraente: a possibilidade de planejar toda a viagem.

É o primeiro aplicativo de uma rede hoteleira que permite ao hóspede personalizar não só a estadia de acordo com suas preferências mas também o que fará fora do hotel durante a viagem. “Ele pode solicitar uma refeição no quarto, um jornal de manhã, reservar um tratamento no spa ou uma das nossas experiências de viagem, providenciar um transporte e até conseguir reserva em restaurantes badalados”, explica Christian Clerc, presidente de operações mundiais do Four Seasons. E tudo praticamente sem interferência humana. Diferentemente das demais redes, o app da rede está disponível para todos os hóspedes e não apenas para os clientes dos programas de fidelidade.

A atualização também permite maior integração com o bate-papo do hotel. O recurso, disponível desde 2017, permite que os hóspedes se comuniquem em tempo real com as equipes das propriedades em mais de 100 idiomas — antes, durante e após a estadia. Segundo dados fornecidos pela rede, em 2018 foram trocadas mais de 5,7 milhões de mensagens no Four Seasons Chat, sendo que 1,3 milhão delas foram feitas pelo aplicativo. “Sabemos pelo feedback dos hóspedes que agora, mais do que nunca, o viajante de luxo está procurando ferramentas digitais que possam facilitar sua vida”, diz Christian Clerc. “É por isso que estamos optando por investir em tecnologia, usando uma abordagem intuitiva e relevante para dispositivos móveis”.

Segundo Gabriela Otto, consultora de hotelaria de luxo e Diretora da GO Consultoria, a tecnologia se tornou um grande aliado da indústria hoteleira, impulsionando até hoteleira independente em face dos grandes nomes do segmento. “A tecnologia infiltrada na experiência de viagem não será mais novidade, mas todo o cuidado será pouco para a indústria não perder seu toque humano”, afirma. “Como diz Matthew Upchurch, CEO da Virtuoso Travel: “Automatize o previsível. Humanize o excepcional.”