Ciência

Fortnite processa Apple por restrições ao uso de aplicativo

Crédito: AFP/Arquivos

Espectadores assistem à final de um campeonato de Fortnite, Nova York em julho de 2019 - AFP/Arquivos (Crédito: AFP/Arquivos)

A Epic Games, desenvolvedora do videogame de sucesso “Fortnite”, processou nesta quinta-feira (13) a Apple pela forma como rege sua loja de aplicativos, acusando a gigante da tecnologia de exercer um poder monopolístico.

A Epic Games pediu a um juiz federal que ordene a Apple a suspender sua “conduta anticompetitiva” e invalide as regras que requerem que os desenvolvedores paguem à criadora do Iphone 30% do valor de todas as transições para poderem fazer negócio na App Store.

Apple e Google retiram o Fortnite de suas lojas de aplicativos

Epic Games, editora do videogame Fortnite, vale US$ 17,3 bi



O processo foi apresentado no mesmo dia em que a Apple retirou o Fortnite de seu mercado de vendas, após a Epic incluir no jogo um sistema de pagamento que permitia que as transações dos jogadores evitassem o mecanismo da App store.

“A Apple se tornou o que um dia criticou: o gigante que busca controlar os mercados, bloquear a competição e reprimir a inovação”, argumentou a defesa da Epic.

A empresa fundada pelo falecido Steve Jobs é foco nos últimos meses de diversas críticas pelo forte controle que exerce em sua loja virtual de aplicativos, que é a única forma de adquirir os ‘apps’ nos telefones Iphone e nos tablets Ipad.

A gigante do Vale do Silício defende que sua posição é necessária para manter os aplicativos e seus usuários a salvo de hackers e golpistas, afirmando que cobrar 30% de tarifa nas transações é um valor legítimo para cuida da loja.

A Epic afirma não buscar dinheiro ou um tratamento especial, e que somente pede ao tribunal que ordene a mudança da regra na loja da Apple para todos os desenvolvedores.

Fortnite foi jogado por cerca de 350 milhões de pessoas no mundo todo desde seu lançamento em 2017, com jogadores que devem sobreviver buscando armas e recursos enquanto tentam eliminar adversários em um mundo virtual.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel