Economia

Ford fecha acordo de demissão incentivada com funcionários de fábrica no ABC

A Ford anunciou nesta terça-feira, 30, por meio de nota, que fechou um acordo de “demissão incentivada” com os trabalhadores da fábrica de São Bernardo do Campo, que será desativada pela montadora ao longo de 2019 e está à venda.

Sem informar valores, a empresa disse que a compensação financeira aos trabalhadores que aderirem à demissão incentivada será definida pela condição do empregado (mensalista ou horista), tempo de trabalho e eventual contratação do funcionário por um potencial comprador da fábrica.

A fábrica emprega cerca de 3 mil pessoas.

O acordo também prevê requalificação profissional com cursos realizados em parceria com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, além de apoio psicológico.

A fábrica da Ford em São Bernardo é a única da marca que produz caminhões. O fechamento da fábrica, que será finalizado nos últimos meses de 2019, é resultado da decisão da empresa de sair do mercado de veículos pesados. A fábrica também produz o automóvel Fiesta, que sairá de linha.

A Ford tem buscado um comprador para a unidade, com ajuda do governo estadual, que tem dito que dará preferência ao comprador que preservar todos os empregos. Há uma negociação avançada com o grupo brasileiro Caoa.

“A Ford informa que as conversas com potenciais compradores da fábrica de São Bernardo do Campo continuam e reafirma seu compromisso em realizar todos os esforços possíveis para obter um resultado positivo”, diz a nota.