Economia

FMI: Brasil deve crescer 1,7% em 2018 considerando-se boa reforma da Previdência

O Brasil deve crescer 1,7% em 2018 e o Fundo Monetário Internacional (FMI) considera nessa previsão a aprovação de uma “boa” reforma da Previdência logo, afirmou o vice-diretor do Departamento de Hemisfério Ocidental do Fundo, Krishna Srinivasan.

“Quanto melhor for a reforma da Previdência aprovada, isso trará efeitos mais positivos para a recuperação da economia, a confiança de investidores e consumidores e a recuperação poderá ser maior do que a prevista para 2018”, comentou.

Perguntado pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, se é possível que o Produto Interno Bruto (PIB) do País avance 3% no próximo ano, como estima o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ele destacou: “Hoje, não vemos que isso ocorrerá. Mas, quando visitarmos o Brasil e fizermos uma nova avaliação sobre o País, poderemos, eventualmente, alterar a previsão, caso seja apropriado.”

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

Brasil FMI Srinivasan