Economia

Fluxo de capital a emergentes cai 86% e atinge US$ 2,1 bi em agosto, diz IIF

Os fluxos internacionais para os mercados emergentes caíram em agosto, de acordo com estimativas preliminares do Instituto Internacional de Finanças (IIF), formado pelos 500 maiores bancos do mundo, com sede em Washington. A previsão é que os aportes nos mercados financeiros da região somaram US$ 2,1 bilhões no mês recém-terminado, uma queda de 86% em relação aos números de julho, que ficaram em US$ 15,2 bilhões.

Os mercados de ações dos emergentes atraíram US$ 4,4 bilhões em agosto. Já os mercados de dívida (renda fixa) tiveram fuga de US$ 2,3 bilhões, segundo os dados do IIF, divulgados nesta terça-feira.

É a primeira vez desde março, quando a pandemia do coronavírus ganhava força mundialmente, que a renda fixa dos emergentes tem fuga de recursos.

Entre os emergentes, o IIF observa que tem crescido a diferenciação entre os diferentes países pelos investidores internacionais. Assim, alguns continuam a receber recursos, enquanto outros têm registrado seguidas perdas de capital externo.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?