Economia

Firjan critica elevação da Selic e cobra outros instrumentos para conter inflação

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) afirmou que o aumento da taxa básica de juros para 6,25% pode comprometer a recuperação de uma economia ainda fragilizada. Segundo a entidade, acelerar o ritmo de aumento da Selic “é excessivo neste momento”.



O Banco Central elevou nesta quarta-feira, 22, a Selic (a taxa básica de juros) em 1,00 ponto porcentual, por unanimidade, de 5,25% para 6,25% ao ano.

“Acreditamos que a evolução do quadro inflacionário atual e as expectativas inflacionárias à frente seguem sendo de manutenção do ciclo de alta da taxa de juros, dados os fatores relacionados ao risco fiscal e a recomposição da demanda”, avaliou a entidade em nota.

Além disso, a federação ressalta que fatores relacionados à inflação de custos, como a crise energética e a restrição de insumos, continuam pressionando e exigindo outros instrumentos para o controle inflacionário, e não somente a elevação da taxa básica de juros.

A entidade ressalta ainda que a estabilidade de preços e o crescimento sólido da atividade econômica passam necessariamente pela retomada da confiança dos empresários.



“Sendo assim, é inadiável a aprovação de reformas estruturais, como a administrativa, contribuindo para um equilíbrio sustentável das contas públicas”, afirmou a entidade.


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?