Giro

Entenda o que muda do Bolsa Família para o Auxílio Brasil

Crédito: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

O Auxílio Brasil atenderá automaticamente quem recebia o Bolsa Família; quem está no Cadastro Único, mas não recebe o Bolsa Família entra em uma lista de espera (Crédito: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)



A partir de 17 de novembro, o governo federal começa a pagar o Auxílio Brasil, programa que substitui o Bolsa Família, extinto nesta segunda-feira (8). O novo programa social tem reajuste médio de 17,84% em relação ao Bolsa Família. O valor médio passará de R$ 184,30 para R$ 217,18.

O Auxílio Brasil atenderá o mesmo público do Bolsa Família, que são 14,6 milhões de famílias. Segundo o Ministério da Cidadania, 17 milhões de famílias serão atendidas até o final do ano. O governo prevê elevar o benefício a um mínimo de R$ 400. A definição ficou para dezembro e depende da aprovação da PEC dos Precatórios.

Os dois benefícios são voltados às famílias em situação de extrema pobreza e de pobreza, porém, no Auxílio Brasil, para a família ser considerada em situação de pobreza, é preciso que tenha, entre os membros, gestantes ou pessoas com idade inferior a 21 anos.

No Auxílio Brasil, são consideradas famílias em extrema pobreza as que têm renda de até R$ 100 mensais por pessoa. No Bolsa Família era R$ 89. As famílias em situação de pobreza pelo novo programa são as com renda mensal, por pessoa, de até R$ 200.  Antes, o valor era R$ 178.



O benefício básico, para famílias em extrema pobreza, subiu 12,36%, de R$ 89 para R$ 100. As parcelas variáveis subiram de R$ 41 para R$ 49, uma elevação de 19,51%, e o Benefício Variável Vinculado ao Adolescente passou de R$ 48 para R$ 57, aumento de 18,75%.

Auxílio Brasil: o que o governo precisa fazer para consolidar o novo Bolsa Família

O cadastramento para os dois programas é feito do mesmo jeito, de forma presencial, por meio do Cadastro Único (CadÚnico), nas prefeituras, Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) ou nos postos de atendimento do CadÚnico.


O Auxílio Brasil mantém os benefícios do Bolsa Família como núcleo básico:

 Benefício Primeira Infância: para famílias com crianças de zero a 36 meses. Valor por mês: R$ 130 por integrante.

Benefício Composição Familiar: para famílias com gestantes ou pessoas de três a 21 anos. Valor por mês: R$ 65 por integrante.

Benefício de Superação da Extrema Pobreza: para famílias cuja renda familiar per capita (calculada após o acréscimo dos benefícios Primeira Infância e Composição Familiar) for igual ou inferior ao valor da linha de extrema pobreza (R$ 100). O valor é calculado individualmente e consistirá no resultado da diferença entre R$ 100 e a renda mensal per capita, multiplicado pela quantidade de membros da família e respeitado o valor mínimo de R$ 25 por integrante.

Os benefícios complementares do Auxílio Brasil foram baseados no Bolsa Família:

Auxílio Esporte Escolar pagará um benefício mensal de R$ 100, por 12 meses, a estudantes integrantes de famílias beneficiárias do programa, com idades entre 12 e 17 anos incompletos, que conquistaram até a terceira colocação em competições oficiais do sistema de jogos escolares brasileiros, em âmbito nacional, distrital ou estadual. A família receberá também uma parcela única de R$ 1.000.

Bolsa de Iniciação Científica Júnior pagará um benefício mensal de R$ 100, por 12 meses, a estudantes que tenham se destacado em competições acadêmicas e científicas, de abrangência nacional, vinculadas a temas da educação básica. A família receberá também uma parcela única de R$ 1.000.

Auxílio Criança Cidadã será concedido às famílias que tenham em sua composição crianças com idade de zero até 48 meses incompletos. O benefício será pago diretamente aos estabelecimentos educacionais, na etapa creche, com e sem fins lucrativos, quando não existirem vagas na rede educacional pública ou privada conveniada com governo. O valor mensal do Auxílio Criança Cidadã será de R$ 200 para crianças matriculadas em turno parcial e de R$ 300 para crianças em turno integral.

Auxílio Inclusão Produtiva Rural pagará um benefício mensal de R$ 200 a famílias que tenham em sua composição agricultores familiares.

Auxílio Inclusão Produtiva Urbana pagará um benefício mensal de R$ 200 a famílias, desde que haja a comprovação de vínculo de emprego formal de um dos seus integrantes.

Benefício Compensatório de Transição é destinado às famílias que integravam o Bolsa Família e que tiverem redução no valor financeiro total dos benefícios recebidos devido o enquadramento na nova estrutura do Auxílio Brasil.







Tópicos

auxilio brasil auxílio brasil 2022 auxilio brasil cadastro auxílio brasil como se inscrever? auxilio brasil como vai funcionar? Auxílio Brasil financiamento auxilio brasil g1 Auxílio Brasil João Roma Ministro da cidadania auxílio brasil quando começa auxílio brasil quem vai receber Auxílio Brasil valor auxílio calendário 7ª parcela auxílio calendário de saques auxílio emergencial auxílio emergencial 2022 auxilio emergencial consulta auxílio indevido devolução auxílio prorrogação auxílio prorrogado auxílio terá mais parcelas? Bolsa do Povo Bolsa Família bolsa família cadastro bolsa família cadastro único bolsa família cancelado o que fazer Bolsa família consulta bolsa família lista de aprovados 2021 bolsa familia Nis bolsa família valor cadastro bolsa família 2021 online Cadastro Único para Programas Sociais cadúnico caixa bolsa família caixa libera saque 6ª parcela Calendário 4ª parcela calendário bolsa família 2021 setembro calendário da bolsa família 2020 1 calendário do bolsa família 2018 calendário do bolsa família 2021 Calendário saques 3ªparcela calendário saques 6ª parcela calendário saques auxílio 2021 Calendário saques julho auxílio calendário saques setembro calendários Auxílio Centro de Referência de Assistência Social Como conseguir o Bolsa Família 2021? como consultar auxílio como consultar dataprev como devolver auxílio como me cadastrar no bolsa família Como o governo vai financiar o Auxílio Brasil? como saber se posso receber prorrogação do auxílio como se inscrever para a prorrogação do auxílio Como se inscrever para receber o auxílio brasil consulta 7ª parcela auxílio 2021 consulta auxílio agosto 2021 consulta dataprev consulta dataprev auxílio consulta dataprev cpf consulta saque 6ª parcela consulta saque auxílio julho Cras cronograma saques 5ª parcela auxílio semana setembro data do bolsa família 2021 Dataprev devolução do auxilio emergencial fila CadÚnico governo devolução IOF lista beneficiários bolsa família por município Ministério da Cidadania ministério da cidadania bolsa família MP pagamento do bolsa família 2021 PEC PEC dos precatórios perdas prorrogação auxílio cadastro prorrogação auxílio dataprev prorrogação auxílio G1 prorrogação do auxílio quantas parcelas prorrogação quem pode receber Qual a data da 6 parcela do auxílio? Qual é o novo valor do Bolsa Família? qual o valor das parcelas na prorrogação Qual o valor do Bolsa Família para 2021? Qual o valor do Bolsa Família para quem tem 1 filho 2021? qual sera o valor do auxilio brasil? quando acaba saque 5ª parcela quando começa 5ª parcela quando começa Auxílio Brasil Quando é a 7 parcela do auxílio? Quando posso retirar o dinheiro do auxílio? quantas parcelas faltam auxílio quantos meses prorrogação quem pode sacar auxílio nesta sexta 2 quem precisa devolver auxílio quem recebe hoje auxílio 14 Quem vai fazer parte do Auxílio Brasil? retiradas 6ª parcela retiradas quintaparcela saque quinta parcela sexta parcela saque tabela do bolsa família tabela do bolsa família 2021 vai ter décimo terceiro do bolsa família 2021