Sustentabilidade

Fidelidade que expande

Crédito: Divulgação

Um dos grandes problemas na economia circular é como obter a embalagem pós-consumo para reinseri-la na cadeia. Pois foi justamente essa a dor que levou o empresário Rodrigo Jobim Roessler a criar a Molécoola.

A startup disponibiliza estações de autoatendimento para recebimento de material reciclável em pontos da cidade e quem levar o descarte até lá ganha pontos no programa de fidelidade. O negócio já fatura R$ 2,8 milhões ao ano e tem 45 mil usuários cadastrados. Agora, a expectativa de Roessler é ampliar o número de estações, das atuais 31 para 100 até o final de 2022.

(Nota publicada na edição 1285 da Revista Dinheiro)