Economia

FGTS: Projeto de Lei em trâmite permite saque total aos 60 anos

Crédito: Arquivo Agência Brasil - Fabio Rodrigues Pozzebom

O PL é de autoria da senadora Rose de Freitas (Podemos-ES) (Crédito: Arquivo Agência Brasil - Fabio Rodrigues Pozzebom)

O Projeto de Lei n° 5518, de 2019, em tramitação na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, permite o saque do saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) quando o trabalhador completar 60 anos. O PL é de autoria da senadora Rose de Freitas (Podemos-ES).

O texto altera a legislação do FGTS (Lei 8.036, de 1990) para inserir a hipótese de quando o trabalhador tiver idade igual ou superior a 60 anos na parte que elenca as possibilidades de movimentação da conta.

+ Tudo o que você pode fazer com seu FGTS (e talvez não saiba)
+ Lançada campanha para pressionar STF a marcar julgamento da correção do FGTS

“A possibilidade de saque a essa idade tem claro intuito de amparar o trabalhador idoso, que com o avanço dos anos tem sua renda cada vez mais comprometida com o aumento dos gastos decorrente da idade elevada”, diz o texto.



Atualmente, a lei estabelece que o trabalhador saque o saldo do seu FGTS a partir dos 70 anos de idade, além de outras situações.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago