Giro

Festival de Cannes começa com apelo de Zelenskiy ao cinema mundial

Festival de Cannes começa com apelo de Zelenskiy ao cinema mundial

Festival de Cannes começa com apelo de Zelenskiy ao cinema mundial

Por Mimosa Spencer

CANNES, França (Reuters) – O Festival de Cinema de Cannes começou nesta terça-feira com lotação no tapete vermelho, uma cerimônia repleta de estrelas e um apelo do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, para que o mundo do cinema se manifeste contra a guerra em seu país.



“Precisamos de um novo (Charlie) Chaplin para provar que hoje o cinema não é silencioso”, disse Zelenskiy, referindo-se à sátira de Charlie Chaplin a Adolf Hitler no início da Segunda Guerra Mundial, em 1939.

“Temos que ser vitoriosos. Precisamos do cinema para garantir esse final, que toda vez seja do lado da liberdade”, disse o líder ucraniano por meio de um vídeo ao vivo de Kiev durante a cerimônia de abertura do festiva, marcando um ponto político nos procedimentos festivos.

Os organizadores do evento estenderam o tapete vermelho no início do dia, enquanto estrelas e representantes do cinema se reuniram para o evento do 75º aniversário, trazendo de volta o burburinho e o glamour ao balneário da Riviera Francesa, além de discussões sobre o papel do cinema durante os tempos de conflito.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


O festival começou com a exibição do filme de zumbi “Coupez!”, de Michel Hazanavicius, que se juntou aos membros do elenco Bérénice Bejo e Romain Duris no tapete vermelho.

Na cerimônia de abertura, o presidente do festival, Pierre Lescure, entregou a Forest Whitaker uma Palma de Ouro honorária pelo conjunto da obra, provocando aplausos de pé.


“Uma Palma honorária para o artista, o cineasta, o embaixador da Unesco, simplesmente, um cidadão do mundo”, disse Lescure.

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI4G17T-BASEIMAGE