Economia

Federal Reserve inicia reunião de política monetária

Crédito: AFP/Arquivos

Prédio do Federal Reserve, em Washington - AFP/Arquivos (Crédito: AFP/Arquivos)

O Federal Reserve (Fed, banco central americano) iniciou nesta terça-feira (27) sua reunião de política monetária que terminará ao meio-dia de quarta e ao final da qual são esperados comentários sobre a inflação e os riscos da variante Delta do coronavírus.

Não se espera nenhum anúncio concreto sobre a redução do apoio monetário que o Fed tem dado à economia americana desde o início da crise provocada pela pandemia.

Mais ainda quando a variante Delta, que fez dispararem os contágios de covid-19 em muitas regiões do mundo, poderia pôr em risco a bem-sucedida recuperação econômica americana.

+ Dólar recua ante divisas principais, na véspera do Fed e em dia de cautela



Enquanto isso, o aumento dos preços, mais forte do que o esperado e registra seu maior ritmo em 13 anos, deverá estar no centro desta reunião.

A inflação de 3,9% em 12 meses até maio, segundo o índice PCE que o Fed considera (5,4% em junho, segundo o índice CPI), continua suscitando grande preocupação, sobretudo porque se espera que a tendência se estenda por vários meses.

No entanto, o presidente do Fed, Jerome Powell, tem insistido em que este aumento é temporário e que depois a inflação chegará a níveis menores. Assim como muitos economistas, Powell espera que a inflação se estabilize no médio prazo na margem objetiva do Fed, de 2%.

Uma política que vai na mesma direção da recomendada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) aos bancos centrais: “continuar com uma abordagem de política monetária baseada em cifras”, disse nesta terça Koeva Brooks, vice-diretora do FMI durante coletiva de imprensa.

A instituição, que publicou suas previsões econômicas atualizadas nesta terça, recomenda que os bancos centrais mantenham seu apoio às economias e não tentem contrabalançar neste momento o aumento de preços com um endurecimento de suas políticas monetárias.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago