Geral

Após 32 anos, Faustão vai deixar a Globo no fim deste ano

Crédito: Divulgação/TV Globo

Faustão ficou famoso na Band, com o "Perdidos na Noite", de onde saiu para comandar o "Domingão do Faustão" na Globo (Crédito: Divulgação/TV Globo)

A parceria entre o apresentador Fausto Silva, o Faustão, e a Rede Globo está com os dias contados. O artista decidiu não renovar o contrato com a emissora e deve ficar na casa até dezembro, quando vence o contrato assinado em 2014.  De acordo com o Uol, Faustão tem o maior salário da televisão brasileira, algo em torno de R$ 5 milhões mensais.

Por meio de nota, a Rede Globo confirmou que o apresentador fica até o fim deste ano e garantiu que a meta é fazer desta temporada do programa a melhor de todos os tempos.

+ Luciano Huck irá deixar a Globo no meio do ano para disputar eleição presidencial
+ Cade nega recurso de Grupo Globo contra medida que suspendeu bônus de publicidade

Fausto Silva não deve se aposentar nem deixar do País. Plataformas de streamings e outros canais estão na mira do artista.

De acordo com o jornalista Léo Dias, fontes próximas ao apresentador já dão como certa sua volta para a Band.

A família Saad teria permitido ao profissional escolher o horário que preferisse para o programa. A própria Globo chegou a oferecer uma opção de programa durante a semana, mas o artista recusou.

Resta saber quem vai assumir o local do líder de audiência das tardes de domingo. Thiago Abravanel, neto do Silvio Santos, é um dos nomes cotados, conforme o Farol da Bahia.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel