Edição nº 1137 09.09 Ver ediçõs anteriores

Falta de ar

Falta de ar

Um estudo publicado na revista científica Nature traz um dado alarmante: o nível de oxigênio dissolvido nos oceanos caiu 2%, nos últimos 50 anos. A pesquisa, que foi liderada por cientistas do Helmholtz Centre for Ocean Research, da Alemanha, afirma que aos menos 15% dessa perda podem ser atribuídos à temperatura mais alta das águas marítimas, resultado do aquecimento global.

A queda nos níveis de oxigênio afeta a vida marinha de maneira semelhante aos efeitos da poluição nos seres humanos. Os oceanos Ártico e Pacífico são os que apresentam maior variação do elemento em suas águas.

(Nota publicada na Edição 1008 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Demanda aquecida faz produção de orgânicos disparar

O clamor dos brasileiros por uma alimentação mais saudável e sem agrotóxicos tem surtido efeito nas lavouras do País. Em menos de uma [...]

Queimadas na Amazônia destroem quase 30 mil km²

Os incêndios florestais queimaram 29.944 km² do bioma amazônico, o equivalente a 4,2 milhões de campos de futebol, segundo o Programa [...]

Limpeza do planeta mobiliza até site pornô

O portal adulto Pornhub abraçou a causa ambiental. O site lançou um vídeo que mostra um casal rodeado por lixo numa praia do Caribe. [...]

Cervejaria Ambev abre edital para startups

A Ambev está à procura de startups que tenham soluções para os problemas socioambientais do País. A empresa abriu inscrições para a [...]

Bolsonaro dispensa G7 e fica com a rainha

Os últimos dias foram movimentados. E não apenas na Amazônia, onde o número de focos de incêndio disparou no acumulado de 2019. Já são [...]
Ver mais