Economia

Facebook, Netflix e Subway Surfers, os aplicativos líderes da década

Facebook, Netflix e Subway Surfers, os aplicativos líderes da década

Facebook, Messenger, WhatsApp e Instagram foram os quatro aplicativos com mais downloads mais baixados da década - FACEBOOK/AFP


Facebook, Netflix e Subway Surfers foram os aplicativos móveis líderes da década de 2010, segundo a empresa americana de análises do mercado móvel App Annie.

Segundo rankings publicados na segunda-feira, a gigante californiana Facebook dominou os downloads em nível mundial com quatro aplicativos: a plataforma principal Facebook, Facebook Messenger, WhatsApp e Instagram, estas duas últimas compradas em 2014 e 2012, respectivamente.

As redes sociais americanas dominam a lista, com Snapchat em quinto lugar, depois do Skype, serviço de chamadas pela Internet da Microsoft, e YouTube e Twitter, em nono e décimo lugares.

Dois aplicativos chineses também aparecem no ‘Top 10’ dos mais baixados da década: TikTok, o favorito entre os jovens, e o UC Browser, navegador do Alibaba.

A lista dos aplicativos de pagamento mais usados nos anos 2010 é liderado pela Netflix e outros dois americanos: o aplicativo de relacionamentos Tinder e Pandora Music. Nesta categoria aparecem também o chinês Tencent Video, o japonês Line (de mensagens instantâneas e chamadas de voz e vídeo) e o sueco de música Spotify.

Entre os jogos de maior sucesso, a vedete foi o dinamarquês Subway Surfers (devido à sua adoção na Índia, segundo a App Annie), seguido dos americanos Candy Crush Saga e Temple Run 2, que lideraram os downloads da década. O finlandês Clash of Clans aparece em quinto.

Mas entre os dez jogos mais baixados, só Clash of Clans e Candy Crush Saga também aparecem no ‘Top 10’ dos jogos para plataformas móveis de maior sucesso na década, segundo gastos dos consumidores.

A App Annie considerou 2019 “um ano histórico” para os dispositivos móveis, com crescimento dos aplicativos de vídeos curtos, como TikTok, e os jogos online Fun Race 3D e Call of Duty: Mobile.

O aplicativo de criação e uso compartilhado de vídeos Likee, em alta desde seu lançamento em 2017, destacou-se em 2019 por seu número de downloads.

Em agosto, o Likee tinha quase 81 milhões de usuários mensais, um crescimento de 374% em um ano, segundo resultados financeiros da YY, empresa chinesa proprietária do aplicativo, particularmente popular na Índia e no sudeste asiático.