Giro

Facebook não tem planos de cancelar a suspensão da conta de Trump

Crédito: Arquivo AFP

A conta do Twitter do presidente Donald Trump antes de sua suspensão (Crédito: Arquivo AFP)

O Facebook não pretende levantar a suspensão da conta do presidente dos EUA, Donald Trump, disse Sheryl Sandberg, número 2 da rede social, nesta segunda-feira (11).

“Nossa proibição é indefinida. Dissemos que duraria pelo menos até a transição, mas não temos planos de suspendê-la”, explicou o diretor de operações do Facebook durante um fórum online organizado pela agência de notícias britânica Reuters.

+ Democratas iniciam processo para histórico segundo impeachment de Trump
+ Twitter perde US$ 5 bilhões de mercado após banimento de Trump

A rede social anunciou na última quinta-feira o bloqueio por tempo indeterminado das contas de Trump no Facebook e no Instagram, no dia seguinte aos atos violentos registrados em Washington e à invasão do Congresso por seguidores do magnata republicano, que interrompeu a certificação legislativa do vitória do democrata Joe Biden na eleição de 3 de novembro.



O Twitter tomou uma decisão mais radical na sexta-feira ao deletar a conta de Trump, o privando de sua ferramenta de comunicação de escolha.

Os perfis do inquilino da Casa Branca também foram suspensos de serviços como Snapchat e Twitch.

“Nosso regulamento se aplica a todos”, disse Sandberg. “Removemos publicações de Don Jr [filho mais velho de Trump], removemos publicações de outros líderes internacionais e outros líderes políticos (…) Isso mostra que mesmo um presidente não está acima de nossas regras”, disse ele.

O Facebook justificou sua decisão na semana passada, explicando que as mensagens recentes de Trump representam o risco de causar mais agitação.

Sandberg também reconheceu que a plataforma já teve que enfrentar inúmeros fracassos durante a eleição presidencial dos EUA de 2016, por não ter reagido suficientemente contra as campanhas de manipulação que denunciou terem sido orquestradas da Rússia, embora tenha garantido que o Facebook aprendeu com seus erros.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel