Edição nº 1121 17.05 Ver ediçõs anteriores

Facebook muda o foco

Facebook muda o foco

Em cinco dias, o post de Mark Zuckerberg sobre a mudança estratégica do Facebook para uma plataforma baseada em privacidade já teve 39 mil curtidas, 10 mil comentários e 3,6 mil compartilhamentos. É provavelmente o posicionamento mais importante da empresa em sua história de 15 anos. O post é um extenso documento de 3.200 palavras e 54 parágrafos. “Entendo que muitas pessoas não acreditem que o Facebook possa ou queira construir esse tipo de plataforma baseada em privacidade”, disse o fundador e CEO da companhia. “Porque, francamente, não temos uma reputação forte na criação de serviços que protejam a privacidade.” Mas a mudança prometida na postagem é radical. Ele diz claramente não ter dúvidas de que as pessoas querem trocar a “praça pública” em que se expõem nas redes sociais para espaços mais reservados, o equivalente digital da sala de estar. “Ao pensar o futuro da internet acredito que uma plataforma de comunicação focada na privacidade se tornará ainda mais importante do que as plataformas abertas de hoje”.

(Nota publicada na Edição 1112 da Revista Dinheiro)


Mais posts

WhatsApp é hackeado

NSO Group é uma empresa cibernética israelense fornecedora de governos e agentes de segurança. Ela se tornou globalmente famosa no [...]

Lenovo anuncia primeiro notebook de tela dobrável

A Lenovo afirmou que irá produzir o primeiro notebook dobrável do mundo e liberou imagens de um protótipo do ThinkPad. A empresa [...]

“Tornar fácil fazer negócios em qualquer lugar”

Missão do Alibaba.com (Nota publicada na Edição 1121 da Revista Dinheiro)

Filtro dá up ao Snapchat

O fim de semana do Dia das Mães foi tomado pelos filtros que transformavam o rosto das pessoas dando a elas uma versão ‘baby face’. Ao [...]

Nova fronteira da IA: reconhecimento de voz

Se a primeira era da interação homem-máquina foi tátil (daí o digital), a segunda será por voz. A Pandorabots, empresa que tem sedes em [...]
Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.