Mundo

Facebook lança canal de videoclipes para rivalizar com YouTube

Crédito: AFP/Arquivos

Logo do Facebook (Crédito: AFP/Arquivos)

Passando por um período complicado de acusações e investigações antitruste nos Estados Unidos, o Facebook vai lançar uma ferramenta de transmissão de videoclipes. A companhia de Mark Zuckerberg vai utilizar o espaço do “Facebook Watch” para disponibilizar os vídeos.

Inicialmente a ferramenta só estará disponível nos EUA e é fruto de uma parceria que envolveu Sony Music, Universal Music, Warner Music e outros grandes selos da indústria fonográfica.

+ Facebook tem alta no lucro líquido a US$ 5,18 bilhões no 2º trimestre
+ TikTok acusa Facebook de ‘ataques difamatórios’
+ ‘Ninja’, astro do Fortnite, leva game para o YouTube

A ideia é fazer frente ao YouTube, controlada pelo Google e liderança no streaming de vídeos musicais, além de dona de uma plataforma própria, o “YouTube Music”, para a reprodução de músicas e vídeos.

Segundo a CNN, em 2019 a companhia pagou mais de US$ 3 bilhões em anúncios e assinaturas para a indústria da música, além de representar pouco mais de 45% de todo o tempo de reprodução de músicas em todo o mundo, segundo a Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI).

Por outro lado, o Facebook investe cada vez mais na plataforma de vídeos que mantém através do “Watch”, servindo, inclusive, como serviço de streaming para gamers que podem receber doações de seus seguidores enquanto disputam alguma partida de videogame.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?