Giro

Facebook impõe limites a sites de notícias falsos criados por grupos políticos

Crédito: GETTY IMAGES/AFP/Arquivos

Os grupos políticos que criam sites desenhados para parecerem com os dos meios de comunicação não receberão mais no Facebook o mesmo tratamento dispensado aos veículos independentes - GETTY IMAGES/AFP/Arquivos (Crédito: GETTY IMAGES/AFP/Arquivos)

Os grupos políticos que criam sites desenhados para parecerem com os dos meios de comunicação não receberão mais no Facebook o mesmo tratamento dispensado aos veículos independentes, anunciou a rede social nesta terça-feira.

Segundo o Facebook, o aumento do número de sites políticos disfarçados de veículos de comunicação provocou uma mudança na política. A partir de agora, os mesmos não serão incluídos no feed de notícias da rede social.

Facebook intensifica esforços para combater discursos de ódio

Facebook derruba campanha enganosa pró-Trump feita por contas da Romênia

Esses sites partidários poderão permanecer na plataforma, mas “estarão sujeitos ao mesmo padrão das entidades políticas no Facebook”, informou a gigante da Califórnia.

Investigadores identificaram mais de 1,2 mil sites partidários desenhados para se parecerem com sites de notícias locais, mas com mais de 90% do seu conteúdo gerado por algoritmos que usam conjuntos de dados públicos ou reutilizam histórias de fontes externas. Esses portais não terão mais acesso a mensagens de notícias nos serviços do Facebook WhatsApp e Messenger.

“Reconhecemos que há um número crescente de publicações de notícias ligadas a diferentes tipos de entidades políticas e outras organizações que podem influenciar nas políticas públicas e eleições”, assinalou o Facebook em seu blog.

“Enquanto nos preparamos para as eleições de novembro, estamos absolutamente dedicados a garantir que estamos protegendo a integridade da votação”, assinalou o vice-presidente de Integridade do Facebook, Guy Rosen, em conferência telefônica com jornalistas.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?