Tecnologia

Facebook está desenvolvendo sua própria criptomoeda, afirma jornal

Segundo reportagem do Wall Street Journal, moeda virtual será utilizada para transações financeiras nas redes sociais e em sites de compras

Facebook está desenvolvendo sua própria criptomoeda, afirma jornal

Projeto Libra está sendo desenvolvido de forma secreta há mais de um ano, afirma reportagem

O Facebook está desenvolvendo a sua própria criptomoeda para permitir a transação financeira entre os usuários das suas redes sociais e em sites de compra, informou o Wall Street Journal, nesta sexta-feira (3). Segundo a publicação, o “Projeto Libra”, como a iniciativa é chamada, está sendo gerado de forma secreta há mais de um ano pelos executivos do site.

A reportagem afirma que foram entrevistadas dezenas de empresas financeiras, como a Visa e MasterCard, além de sites de varejo e venda de aplicativos, que confirmaram as investidas da companhia de Mark Zuckerberg no ramo de moedas digitais. O Facebook espera juntar US$ 1 bilhão em investimentos e agregar outros parceiros antes de lançar o novo serviço.

De acordo com o WSJ, a rede social deve lastrear sua criptomoeda no dólar para torná-la mais estável e atrativa que as concorrentes, como o Bitcoin. Porém, os constantes escândalos de vazamento de dados dos mais de 1,5 bilhão de usuários das redes sociais pode se tornar um empecilho para a popularização da moeda. O modelo de blockchain adotado pelo Facebook pode ser uma resposta às críticas de falta de segurança dos seus servidores.

Além de transações nas redes sociais, o Facebook também mira na expansão do uso da sua moeda virtual em sites de compras através do check-in virtual, da mesma forma como as pessoas podem usar o acesso ao Facebook para fazer login em outros sites.