Giro

Facebook bloqueia Donald Trump ‘indefinidamente’, diz Zuckerberg

Crédito: AFP

A suspensão das contas de Trump ocorre um dia depois de apoiadores do presidente invadirem o Congresso dos Estados Unidos (Crédito: AFP)

Nesta quinta-feira (7), Mark Zuckerberg, executivo-chefe do Facebook, anunciou o bloqueio indefinido do Presidente Donald Trump em suas plataformas.

O fato ocorre um dia depois de apoiadores de Trump invadirem o Congresso dos Estados Unidos, enquanto os legisladores trabalhavam para certificar os resultados eleitorais de Joe Biden como o futuro presidente.

+ Executivo-chefe do Google fala em ‘antítese da democracia’, sobre episódio em Capitólio

“Acreditamos que os riscos de permitir que o Presidente [Trump] continue utilizando o nosso serviço durante este período são simplesmente demasiado grandes. Por consequência, estamos prolongando o bloqueio que colocamos em suas contas do Facebook e do Instagram indefinidamente e pelo menos durante as próximas duas semanas até que a transição pacífica do poder esteja completa”, afirmou Zuckerberg.



Confira o post:

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago