Agronegócio

Exportação de carne bovina, suína e de frango em abril cresce em volume e receita

São Paulo, 3 – As exportações de carnes do Brasil continuaram aceleradas em abril. Os embarques de carne bovina, suína e de frango subiram em volume e em receita no mês passado ante igual período do ano anterior. Os dados, da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia, foram divulgados na tarde desta segunda-feira e consideram os 20 dias úteis de abril.

Os embarques de carne bovina fresca, refrigerada ou congelada somaram 125,474 mil toneladas no quarto mês de 2021, alta de 7,3% ante as 116,295 mil toneladas exportadas em igual mês do ano anterior. Em receita, o avanço foi de 17,6%, passando de US$ 508,449 milhões um ano antes para US$ 597,981 milhões no mês passado.

Os embarques de carne suína fresca, refrigerada e congelada totalizaram 87,314 mil toneladas, 38,8% mais em relação às 62,9 mil toneladas de abril do ano passado. Em faturamento o resultado foi 41,23% maior, de US$ 217,457 milhões, contra US$ 153,964 milhões.

Por fim, a exportação de carne de aves e suas miudezas aumentou 13,11% em volume e 15,3% em receita. Foram embarcadas 362,774 mil toneladas em abril, ante 320,709 mil toneladas em igual mês de 2020. Já a receita foi de US$ 547,964 milhões, ante US$ 475,278 milhões em abril do ano anterior.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel