Negócios

Exame: Madero negocia compra do Beto Carrero World

A oferta chega meses depois do Madero receber aporte de R$ 700 milhões do fundo Carlyle. A aquisição pode chegar a custar R$ 1 bilhão

Exame: Madero negocia compra do Beto Carrero World

Segundo informações do site da Exame, a rede de restaurantes Madero estaria negociando a compra do complexo de entretenimento Beto Carrero World, que fica na cidade de Penha, litoral norte de Santa Catarina. A apuração afirma que a negociação gira em torno de R$ 1 bilhão, e que deve ser concretizada até o final de agosto.

A notícia meses após o fundo de private equity Carlyle aportar R$ 700 milhões na rede fundada por Junior Durski, assumindo participação de 23,3% da rede de hamburgerias, que após a movimentação, foi avaliada em R$ 3 bilhões.

O Beto Carrero vinha em trajetória ascendente nos últimos anos, quando registrou crescimento de dois dígitos. Em 2018 o parque teve ganhos operacionais de R$ 120 milhões, e em abril conseguiu um financiamento de R$ 50 milhões do BNDES para a construção de três novas áreas temáticas e renovação dos aparelhos antigos.

Segundo a Exame, o parque estava sendo disputado pela Carlyle e pelo fundo de investimentos Advent, devido aos bons resultados recentes.

Em junho, Beto Siqueira, presidente do Beto Carrero, disse que a empresa se preparava para realizar um IPO, e que o empréstimo do BNDES foi uma maneira de acelerar o aumento do valor da companhia para que sua entrada no mercado fosse mais viável. Porém a chegada do grupo Madero mudou a questão, uma vez que a experiência de Durski pesou na proposta de aquisição.