Geral

Ex-consultor comercial da Embraer depõe à Justiça Federal no Rio

O ex-consultor de vendas Elio Moti Sonnenfeld depôs nesta quinta-feira (14) ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Câmara Federal Criminal, em investigação referente ao pagamento de propinas ao governo da República Dominicana para viabilizar a venda de aeronaves.

Sonnenfeld atuava como consultor comercial da Embraer fazendo contatos em diversos países para possibilitar a venda de aviões. Ele é colaborador da Justiça e confirmou que houve repasse de dinheiro a autoridades dominicanas, em 2008, para garantir a comercialização de oito aviões militares àquele país.

Em outubro de 2016, a Embraer fechou um acordo judicial de US$ 206 milhões com autoridades dos Estados Unidos e do Brasil para encerrar um caso de investigação de corrupção internacional de agentes seus na venda de aviões a diversos países.

O acordo de encerramento do caso foi feito com autoridades dos EUA, incluindo o Departamento de Justiça dos Estados Unidos e Securities and Exchange Comission, e do Brasil: Ministério Público Federal e Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Na época, a Embraer assumiu que foi responsável por ações irregulares em quatro transações entre 2007 e 2011, na Arábia Saudita, na Índia, em Moçambique e na República Dominicana, totalizando a comercialização de 16 aeronaves.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Tópicos

Marcelo Bretas