Política

Ex-aliado diz que Bolsonaro está à beira de ataque de nervos

Crédito: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro, foi internado em Brasília nesta madrugada (Crédito: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Ex-aliado de Jair Bolsonaro (sem partido), o empresário Paulo Marinho disse que o presidente está à beira de um ataque de nervos. Em entrevista à Folha de S. Paulo, o atual apoiador de João Doria ao Planalto em 2020 acredita que Bolsonaro deve ser preso “pelos crimes que já cometeu e ainda vai cometer até o final do mandato”.

“O capitão Bolsonaro está à beira de um ataque de nervos”, afirmou Marinho, que ainda acha possível a tentativa de um golpe com apoio das milícias, porém desdenha de sua força para mudar a história da democracia brasileira.

+ Bolsonaro é hospitalizado para investigar causa de soluços, diz nota da Presidência

+ Subprocuradores pedem atuação da PGR sobre falas de Bolsonaro colocando eleição em dúvida



Bolsonaro reclama de soluços nos últimos dias e foi internado na madrugada desta quarta-feira (14) no Hospital das Forças Armadas, em Brasília.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago