Política

Evo Morales chega ao México como asilado político e diz que ‘luta continua’

Ex-presidente boliviano viajou ao país em aeronave da Força Aérea mexicana após receber asilo por 'razões humanitárias' e por correr risco de morte

Evo Morales chega ao México como asilado político e diz que ‘luta continua’

Evo Morales durante coletiva de imprensa no sábado 9 de novembro na cidade boliviana de El Alto - Presidencia de Bolivia/AFP

CIDADE DO MÉXICO – O ex-presidente da Bolívia Evo Morales chegou nesta terça-feira, 12, ao aeroporto da Cidade do México depois de aceitar a oferta de asilo político feita pelo mandatário mexicano, Andrés Manuel López Obrador.

Ele foi recebido pelo chanceler mexicano, Marcelo Ebrard, ao desembarcar de um avião da Força Aérea do México. Depois de deixar a Bolívia na noite de segunda, o avião com o líder indígena fez uma escala no Paraguai para reabastecer antes de iniciar um percurso mais longo que o planejado para cruzar a América Latina.

Evo Morales
Evo alegou ter sido vítima de um “golpe de Estado” e afirmou que deixava o cargo para evitar ainda mais violência contra seu grupo político Foto: Presidência da Bolívia | AFP
“Obrigado ao México e a suas autoridades, mas também quero dizer que, enquanto estiver vivo, seguirei na política”, declarou Evo. “Enquanto estiver no trem da vida, a luta segue. Acredito de que as pessoas têm todo o direito de se libertar.”

O ex-presidente boliviano, que recebeu asilo por “razões humanitárias” e por correr risco de morte, segundo as autoridades mexicanas, chegou ao hangar do Sexto Grupamento Aéreo Internacional, antigo hangar presidencial, do aeroporto da Cidade do México por volta das 11h15 (14h15 de Brasília). / AFP e EFE