Negócios

Evergrande busca apoio de credores contra pedido de liquidação, diz fonte



Por Xie Yu e Clare Jim

HONG KONG (Reuters) – O Grupo China Evergrande está pedindo apoio de credores internacionais para se defender de uma ação em Hong Kong que visa liquidar a gigante imobiliária chinesa, de acordo com uma fonte com conhecimento direto do assunto.

A Evergrande é considerada inadimplente e tem uma carga de dívida internacional de quase 23 bilhões de dólares. A companhia está trabalhando em um plano de reestruturação e pretende apresentar o apoio dos credores como parte de sua defesa à Justiça antes de uma primeira audiência sobre a petição de liquidação, marcada para 31 de agosto, disse a fonte.

Na semana passada, a Top Shine Global, investidora da unidade Fangchebao, disse que entrou com uma petição de falência contra a Evergrande, pois não havia honrado um pacto para recomprar ações da Top Shine na Fangchebao.




Um resultado bem-sucedido da petição pode impactar o plano de reestruturação da dívida da Evergrande, diminuindo o valor dos ativos no exterior que são centrais para os interesses dos credores internacionais.

A incorporadora não está considerando um acordo extrajudicial com a Top Shine no momento, disse a fonte. A grande maioria de seus credores se opõe ao pedido de liquidação, acrescentou a fonte, sem dar mais detalhes.

O escritório de advocacia Kirkland & Ellis e o banco de investimentos Moelis & Co, consultores de um importante grupo de credores da Evergrande, não quiseram comentar. Representantes da Evergrande não se manifestaram.


(Por Xie Yu e Clare Jim)