Economia

Europa enfrenta carência de 400 mil caminhoneiros

Crédito: AFP

O caminhoneiro britânico Dean Arney em seu veículo em Ashford, Inglaterra, em 5 de outubro de 2021 (Crédito: AFP)

A Europa enfrenta uma escassez de 400 mil caminhoneiros, e as empresas de transporte têm dificuldades em recrutar, devido aos baixos salários e às difíceis condições de trabalho.

A escassez já era sentida antes da crise sanitária global, mas foi exacerbada pela recuperação econômica pós-pandemia. O impacto foi especialmente sentido no Reino Unido, onde, junto com os efeitos do Brexit, esta carência desencadeou uma crise de desabastecimento.



Mas todos os países estão sendo afetados. A Polônia, por exemplo, tem um déficit de mais de 120 mil caminhoneiros; a Alemanha, de cerca de 60 mil; e a Espanha, de 15 mil, de acordo com um estudo da consultoria britânica Transport Intelligence (TI).

“As razões são múltiplas”, diz à AFP Violeta Keckarovska, que produziu o estudo da TI.

Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA diminuem com recuperação do mercado de trabalho

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


“A população de motoristas envelheceu, os jovens não se sentem atraídos, as condições de trabalho não são boas, e os salários são baixos”, explica.

Em alguns países, o fim do serviço militar obrigatório privou as empresas do setor de motoristas treinados.


No grande salão de logística Solutrans, que abriu na terça-feira perto de Lyon (França), vários institutos de formação tentam atrair candidatos, fazendo-os dirigir um grande simulador.

“É uma profissão com enormes responsabilidades” e que evoluiu muito nos últimos anos, destaca Régis Garcia, do centro de formação Aftral.

“Não é necessariamente mais simples, mas muito menos mecânico e físico, e com mais assistência eletrônica”, e os motoristas percorrem distâncias menores do que antes, acrescenta.

A inovação tecnológica também pode mudar a situação. A empresa Dyn’Acces tem tido sucesso com a Solutrans, uma plataforma que permite ao motorista em uma cadeira de rodas sentar-se ao volante de um grande caminhão.

– Melhores salários –

Na França, as empresas buscam entre 40 mil a 50 mil motoristas, duas vezes mais do que em 2017, lamenta a Federação Nacional de Transporte Rodoviário, que tem multiplicado seus esforços de comunicação.

Na região de Rhône-Alpes, os motoristas estão entre os cinco empregos mais procurados.

“Dizemos às empresas que devem refletir sobre sua marca, sobre o bem-estar no trabalho, que é preciso bônus, mentoria. Saber recrutar também é saber cuidar dos salários”, afirma Marina Verbaere-Grobel, da agência de empregos regional.

A busca inclui jovens, assalariados em reconversão e desempregados. As mulheres, que representam uma ínfima parte dos motoristas, também são “muito procuradas”.

A formação custa entre 4.500 e 7.000 euros (5.400 a 8.400 dólares), às vezes custeada pelo empregador, ou com ajudas públicas. A licença para conduzir carreta pode ser tirada a partir dos 21 anos. Alguns jovens são atraídos.

“Você não tem um chefe do lado e prefiro andar fora do que no centro da cidade”, diz Pierre Nguembou, de 29 anos, um ex-entregador de Toulouse.

O futuro motorista tem horas extras para melhorar sua renda.

Parte da solução atualmente é decidida entre as transportadoras e os sindicatos. Em suas negociações, os representantes dos trabalhadores reivindicam medidas para melhorar a saúde e o bem-estar dos caminhoneiros e um aumento de 10% dos salários, que começam com o salário mínimo.

As organizações patronais são a favor de um aumento de 3,5% a 4,5%, de acordo com o sindicato CFTC.

“A pirâmide etária é muito forte no transporte (…) Vamos ter dificuldades, como se viu com o Brexit”, alerta Thierry Douine, da CFTC.

“Pedimos equilíbrio entre a vida profissional e privada. Ninguém quer trabalhar todos os fins de semana, todas as noites, todos os feriados. Queremos rodízios, para que as pessoas tenham qualidade de vida no trabalho”, comenta Douine à AFP.



Tópicos

Abrava acabou a greve dos caminhoneiros 2021? acabou a greve dos caminhoneiros? apoio a greve auxílio 400 reais caminhoneiros quanto custa bolsonaristas caminhoneiros bolsonaro caminhoneiros caminhoneiros 4 bi caminhoneiros ajuda de 400 reais caminhoneiros alimentos caminhoneiros apoiam Bolsonaro? caminhoneiros boleia caminhoneiros cidades caminhoneiros desabastecimento caminhoneiros emprego caminhoneiros esmola caminhoneiros estrada caminhoneiros europa baixos salários caminhoneiros europa condições de trabalho reais caminhoneiros falta de produtos caminhoneiros governo caminhoneiros horas dirigindo caminhoneiros ICMS caminhoneiros inflação caminhoneiros legislação caminhoneiros motoristas caminhoneiros Pacheco caminhoneiros paralização novembro 2021 caminhoneiros rotas Caminhoneiros salário caminhoneiros Scania caminhoneiros trabalho caminhoneiros vão perder emprego? caminhoneiros veículos autônomos CAMINHONEIROS/PARALISAÇÃO Chorão CNTRC CNTTL combustível como esta a greve dos caminhoneiros? como ficou a greve dos caminhoneiros? de onde vem auxílio diesel 400 diesel esta tendo greve dos caminhoneiros? Estado de greve europa caminhoneiros europa precisa de 400 mil caminhoneiros fim da greve dos caminhoneiros hoje fim da greve dos caminhoneiros hoje 2021? gasolina Governo obtém liminar greve bolsonaro GREVE CAMINHONEIROS Greve dos caminhoneiros greve dos caminhoneiros 2018 greve dos caminhoneiros 2021 últimas notícias greve dos caminhoneiros 7 de setembro greve dos caminhoneiros 7 de setembro 2021 greve dos caminhoneiros acabou? greve dos caminhoneiros dutra greve dos caminhoneiros hj Greve dos caminhoneiros hoje 2021 ao vivo greve dos caminhoneiros hoje 2021 motivo Greve dos caminhoneiros hoje ao vivo greve dos caminhoneiros vale do paraiba ICMS motoristas de caminhão emprego notícias greve dos caminhoneiros o que aconteceu com a greve dos caminhoneiros? o que pedem os caminhoneiros? CNTTl O que querem os caminhoneiros? PRF privatização da Petrobras quais associações estão em estado de greve? últimas notícias sobre a greve dos caminhoneiros vai ter greve dos caminhoneiros? Wallace Landim Zé Trovão zé trovão Bolsonaro zé trovão prisão