Giro

EUA voltam a liberar viagem de brasileiros totalmente vacinados

Crédito: DC POOL/AFP

Decisão de Biden vai permitir a viagem de brasileiros que estão completamente vacinados (Crédito: DC POOL/AFP)

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vai diminuir as restrições a viagens para estrangeiros a partir de novembro, incluindo brasileiros. Como exigência, será cobrado passaporte de vacinação com as duas doses já aplicadas e os viajantes deverão apresentar teste negativo para a Covid-19 realizado pelo menos três dias antes do embarque para os EUA.

+ Magnata chinês perde US$ 1 bilhão com temor de colapso da Evergrande

Segundo anunciou nesta segunda-feira (20) o coordenador da Covid-19 na Casa Branca, Jeff Zients, quem estiver vacinado não precisará entrar em quarentena. No entanto, americanos que forem viajar e ainda não se vacinaram, precisarão realizar testes antes e depois de retornar ao país.

Os países que entraram na lista de liberações são: Reino Unido, países da União Europeia, China, Índia , Irã, República da Irlanda, Brasil e África do Sul.



Os centros de Controle dos Estados Unidos vão exigir que as companhias aéreas coletem o máximo de informações dos viajantes para facilitar o rastreamento dessas pessoas e ainda não se sabe quais vacinas serão aceitas para entrar no país, de acordo com informações do Washington Post.

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km