Mundo

EUA vão ampliar recomendação de não viajar para 80% do mundo

EUA vão ampliar recomendação de não viajar para 80% do mundo

Aviões em Atlanta

Por David Shepardson

WASHINGTON (Reuters) – O Departamento de Estado dos Estados Unidos anunciou nesta segunda-feira que irá aumentar sua orientação de “Não viajar” para cerca de 80% dos países do mundo, apontando um “risco sem precedentes aos viajantes” por conta da pandemia de Covid-19.

“Essa atualização resultará no aumento significativo do número de países no nível 4: ‘Não viajar’, para 80% dos países do mundo”, afirmou o Departamento em nota.

+ Brasil registra 1.607 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas

O Departamento já havia listado 34 de cerca de 200 países no “Nível 4: Não Viajar”, incluindo lugares como Chade, Kosovo, Quênia, Brasil, Argentina, Haiti, Moçambique, Rússia e Tanzânia. Chegar à 80% do mundo implicaria na inclusão de mais 130 países à lista, aproximadamente.

A maioria dos norte-americanos já estava impedida de viajar para grande parte da Europa por conta de restrições impostas pela pandemia de Covid-19. Washington barrou quase todos os não-cidadãos norte-americanos que estiveram recentemente em países europeus, na China, Brasil, Irã e África do Sul.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

O Departamento de Estado disse que a medida não implica uma reavaliação das atuais situações sanitárias em alguns países, mas “reflete um ajuste no sistema de aconselhamento de viagens do Departamento de Estado para se apoiar mais em avaliações epidemiológicas existentes (do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, o CDC).”

O CDC não respondeu imediatamente a um pedido por comentários.

No início do mês, o CDC anunciou que as pessoas vacinadas completamente contra a Covid-19 podem viajar com segurança pelos Estados Unidos com “risco baixo”, mas a diretora do CDC, Rochelle Walenksy, desencorajou os norte-americanos a fazê-lo por conta do alto número de casos no país.

(Reportagem de David Shepardson e Tim Ahmann)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3I1LX-BASEIMAGE

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel