Economia

EUA sanciona nove entidades chinesas acusadas de violar DH de minoria muçulmana

EUA sanciona nove entidades chinesas acusadas de violar DH de minoria muçulmana

O presidente dos EUA, Donald Trump, falou à imprensa em 22 de maio de 2020, na Brady Briefing Room da Casa Branca, em Washington, DC. Trump pediu aos governadores que permitam a reabertura dos locais de culto. - AFP

Os Estados Unidos sancionaram nove entidades chinesas acusadas de cumplicidade com violações dos direitos humanos da comunidade uigur, anunciou o Departamento de Comércio na sexta-feira.

Um instituto científico do Ministério da Segurança da China e oito empresas estavam em lista de Washington e lhes foram impostas “restrições de acesso à tecnologia americana”, informou o Departamento de Comércio em comunicado.

O texto lembra que os Estados Unidos já haviam incluído 28 organizações governamentais e comerciais chinesas nessa lista em outubro, acusando-os de estarem envolvidos na repressão do governo às minorias muçulmanas.

“Essas nove entidades são cúmplices em violações de direitos humanos e abusos cometidos durante a campanha de repressão, prisões arbitrárias em massa, trabalho forçado e vigilância de alta tecnologia contra uigures, cazaques e outros membros de grupos minoritários muçulmanos na região autônoma uigur Xinjiang”, diz o comunicado.

Os Estados Unidos, como inúmeras organizações humanitárias, acusa a China de ter enviado mais de um milhão de membros dessa minoria muçulmana para “campos de concentração” localizados região noroeste do país.

Pequim nega esse número e fala de centros de formação profissional projetados para ajudar a população a encontrar um emprego, longe da tentação do islamismo e do terrorismo.

As sanções americanas ocorrem em um momento de tensões diplomáticas com a China devido à nova pandemia de coronavírus.

Veja também

+ Eclipse solar total: saiba onde e quando poderá ser visto o fenômeno
+ Passo a passo: saiba como cadastrar e usar a CNH digital
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?