Giro

EUA liberam aplicação conjunta das vacinas contra covid-19 e gripe

Crédito: Reprodução/Pexels

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA deu sinal verde para as pessoas tomarem ao mesmo tempo a vacina contra covid-19 e a da gripe (Influenza) (Crédito: Reprodução/Pexels)

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos deram sinal verde para as pessoas tomarem ao mesmo tempo a vacina contra covid-19 e a da gripe (Influenza). Segundo o jornal americano The Seattle Times, até então, o CDC recomendava uma espera mínima de 14 dias entre os dois imunizantes.

“Agora que temos mais experiência com as vacinas da covid-19 do que tínhamos quando foram introduzidas pela primeira vez. Estamos bastante confortáveis em dizer que não há problema em administrá-las com outras vacinas”, afirma Kelly Moore, CEO da ONG americana Immunization Action Coalition (Coalizão de Ação de Imunização, em tradução livre), que trabalha em parceria com o CDC, citada pelo periódico.

+ STF obriga Ministério da Saúde a entregar vacinas para Estado de SP

Essa mudança na orientação visa justamente o início do período frio nos EUA, já que o outono começa dia 22 de setembro (enquanto a primavera inicia no hemisfério sul).



De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças, citado pelo The Seattle Times, a literatura médica diz que possíveis efeitos colaterais de uma vacina “são geralmente os mesmos quando administrada sozinha ou com outras”.

Portanto, o CDC deixa claro que se a pessoa tomar a segunda dose (ou a de reforço) da vacina contra o coronavírus ao mesmo tempo em que recebe a injeção para a gripe não apresentará efeitos colaterais até então desconhecidos ou uma reação significativamente pior.

Vale lembrar que esses dois imunizantes são administrados na parte superior do braço, podendo causar dor no local. Caso receba uma vacina em cada braço, provavelmente eles ficarão doloridos depois, orienta o CDC.

Além disso, a entidade americana, citada pelo jornal, é “um pouco mais provável” que a pessoa experimente alguns dos efeitos colaterais comuns das vacinas, como febre, dor de cabeça e no corpo e outros sintomas semelhantes aos da gripe quando receber os dois imunizantes simultaneamente.

“Mas em nossa experiência de administrar várias vacinas de uma vez, não é uma soma. Não é como se você tivesse o dobro da reação porque você recebeu duas doses em vez de uma”, comenta Kelly Moore ao The Seattle Times.

Embora a aplicação conjunta da vacina contra covid-19 e contra a gripe não tenha sido estudada, os especialistas do CDC enfatizam que essa prática não é nova. As crianças, principalmente os bebês, normalmente recebem vários imunizantes durante uma visita ao pediatra.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago