Economia

EUA envia cheques pelo coronavírus a mais de um milhão de cidadãos mortos

EUA envia cheques pelo coronavírus a mais de um milhão de cidadãos mortos

Funcionário limpa a parte externa do Departamento do Tesouro americano, em Washington D.C. - AFP

Como forma de estimular a economia devastada pelo novo coronavírus, o Tesouro dos Estados Unidos acabou enviando cheques a mais de um milhão de pessoas falecidas, segundo um relatório divulgado nesta quinta-feira (25) por um órgão de fiscalização independente do governo.

O gabinete de Responsabilidade Fiscal do Governo disse que, desde que o Tesouro começou a enviar dinheiro aos contribuintes em abril para combater a enorme perda de empregos por causa da pandemia, foram feitos 160,4 milhões de pagamentos no valor de 269 bilhões de dólares.

O órgão não esclareceu quantos desses pagamentos foram causados por erros do Tesouro e quantos foram causados por fraude na solicitação.

Em 30 de abril, quando foram feitos 120 milhões de pagamentos, US$ 1,4 bilhão foi enviado para 1,1 milhão de mortos, segundo o gabinete.



Pagamentos de até US$ 1.200 por pessoa foram automáticos para a maioria das pessoas que registraram impostos entre os anos de 2018 e 2019, e também para os cidadãos dos programas de aposentadoria e benefícios do governo.

“Alguns desses contribuintes podem ter morrido na época em que receberam os pagamentos”, afirmou o gabinete.

O relatório observou que, embora a Receita americana tenha os registros de óbito dos cidadãos, o Tesouro e seu serviço fiscal, que fazem esses pagamentos, não os têm.

O gabinete já havia anunciado em 6 de maio que os pagamentos feitos a pessoas mortas deverão ser devolvidos.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km