Economia

EUA ampliam restrições da chinesa Huawei à tecnologia americana

Os EUA anunciaram nesta segunda-feira, 17, novas restrições à Huawei, em esforço para limitar o acesso da gigante de telecomunicações chinesa à tecnologia americana.

Em comunicado, o Secretário de Estado americano, Mike Pompeo, disse que 38 afiliadas da Huawei serão adicionadas a uma lista de entidades estrangeiras proibidas de receber importações de produtos tecnológicos americanos classificados como sensíveis.

Pompeo descreveu a Huawei como um “braço do Estado de vigilância do Partido Comunista da China” e disse que a nova medida tem o objetivo de proteger a segurança nacional e a integridade da infraestrutura 5G de telefonia móvel dos EUA da “influência maligna de Pequim”.

Pompeo fez ainda um apelo a “aliados e parceiros” que sigam o mesmo caminho de Washington no que diz respeito à Huawei.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago