Giro

Estudo turco mostra que Coronavac protegeu 93% dos profissionais de saúde

Crédito: Divulgação - Instituto Butantan

Pesquisa mostrou que entre os mais expostos pelo vírus, que tomaram a vacina, apenas 7% tiveram a doença, enquanto 50% dos não vacinados foram infectadosPesquisa mostrou que entre os mais expostos pelo vírus, que tomaram a vacina, apenas 7% tiveram a doença, enquanto 50% dos não vacinados foram infectados (Crédito: Divulgação - Instituto Butantan)



A Coronavac teve boa eficácia na prevenção da Covid-19 em profissionais da saúde. É o que revela estudo publicado na revista Human Vaccines & Immunotherapeutics. De acordo com a pesquisa, a Coronavac tem efetividade de 93% para prevenir a Covid-19 na Turquia. No Brasil, o imunizante é produzido pelo Instituto Butantan, em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Realizada pela Faculdade de Medicina da Universidade Yildirim Beyazit, entre julho e agosto do ano passado, a pesquisa mostrou que entre os mais expostos pelo vírus, que tomaram a vacina, apenas 7% tiveram a doença, enquanto 50% dos não vacinados foram infectados.

+ Fiocruz entrega primeiras doses de vacina 100% brasileira contra Covid-19

O teste contou com a análise de 628 pessoas, sendo 536 voluntários foram vacinados e 92 (14,6%) não foram vacinados contra Covid-19 com CoronaVac. Dos 92 indivíduos não vacinados, apenas um havia sido vacinado com duas doses de BioNTech em junho de 2021. Esse profissional de saúde foi excluído porque estava totalmente vacinado e o número total de funcionários não vacinados foi de 91 (14,5%). Uma terceira dose foi administrada a 355 indivíduos; este foi BioNTech em 302 (85,1%) e CoronaVac em 53 (14,9%).




Das pessoas que foram imunizadas com a vacina Coronavac, 38 (ou 7%), desenvolveram Covid-19 após a vacinação e não precisaram de internação; 146 deles (27%) tiveram a doença antes de tomar o imunizante. Entre os participantes não vacinados, 46 tiveram a doença.

Estudo clínico de fase 3, feito na Turquia, demonstrou a eficácia de 83,5% da vacina contra casos sintomáticos de Covid-19 e 100% contra a doença grave. Os pesquisadores concluíram que a vacina protegeu 65,9% contra casos sintomáticos, 87,5% contra hospitalizações e 90,3% contra internações, conforme a CNN.

Os cientistas turcos destacam a eficácia do imunizante “considerando que aproximadamente 80% dos casos de Covid-19 em nossa análise ocorreram antes da vacinação do grupo imunizado, acreditamos que a CoronaVac é ainda mais eficaz em prevenir a doença do que os dados anteriores apontaram”.







Tópicos

amostra coletada Anvisa AstraZeneca Butantan capital paulista comprovante de endereço comprovante de residência coronavac coronavírus Covid-19 dose de reforço dose de reforço astrazeneca dose de reforço bh dose de reforço campinas dose de reforço coronavac dose de reforço covid dose de reforço curitiba dose de reforço da janssen dose de reforço df dose de reforço idosos dose de reforço idosos sp dose de reforço Janssen dose de reforço pfizer dose de reforço profissionais da saúde dose de reforço quando tomar dose de reforço rj dose de reforço são paulo dose de reforço sorocaba dose de reforço sp dose de reforço sp calendario dose única eficácia da coronavac Fiocruz genotipagem GOVERNO DE SÃO PAULO Hospital Geral Guaianazes Hospital Municipal Tide Setúbal imunizante Instituto Butantan Janssen Marcelo Queiroga Ministério da Saúde omicron Oxford países africanos pandemia parque do ibirapuera está aberto hoje parque ibirapuera fotos parque ibirapuera horário de funcionamento parque ibirapuera localização parque ibirapuera o que fazer parque ibirapuera próximos eventos passaporte vacina sp Pfizer Precisa agendar para ir no Ibirapuera? proteção ômicron Quais portões do Ibirapuera estão abertos? qual dose de reforço eu preciso tomar depois da Janssen? Qual é o tamanho do parque do Ibirapuera? Quando abrirá o parque do Ibirapuera? Quando os parques voltam a funcionar? quantas doses de reforço eu preciso tomar da Janssen? quantas doses de vacina eu preciso tomar? Quanto custa para entrar no parque Ibirapuera? quarentena quarta dose da vacina contra covid quarta dose da vacina coronavirus quarta dose da vacina covid quarta dose da vacina covid no brasil quarta dose da vacina em israel quarta dose da vacina em santo andré quarta dose da vacina em são paulo quarta dose da vacina em sp quarta dose da vacina no brasil quarta dose da vacina para idosos rede municipal de saúde reforço saúde Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo segunda dose sequenciamento sequenciamento genômico Sinovac sintomas da doença sintomas ômicron sintomáticos SP SUS telefone do parque ibirapuera terceira dose terceira dose protege da ômicron? vacina vacina da Pfizer vacina já sp vacina omicron vacina sp 3 dose vacina sp astrazeneca vacina sp cadastro vacina sp calendario vacina sp fila vacina sp idade vacina sp locais vacina sp pfizer vacina sp sabado vacina sp terceira dose vacinação vacinação nacional variante delta