Ciência

Estudo da ButanVac terá mudanças por falta de voluntários

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

A Butanvac é uma vacina anticovid desenvolvida pelo Instituto Butantan (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

O Instituto Butantan foi autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), nesta quarta-feira (18), para alterar o protocolo do estudo clínico da ButanVac, a nova vacina contra a Covid-19, que será inteiramente produzida no Brasil.



A alteração foi solicitada pelo Butantan, que, em seu pedido, relatou dificuldades na mobilização de voluntários para o estudo com o placebo, de acordo com a Anvisa. A mudança terá influência na etapa A da fase 1, em que participam 400 voluntários. Inicialmente, essa parte da pesquisa seria realizada comparando três grupos de pessoas vacinadas e um grupo controle que tomaria placebo (substâncias sem nenhum princípio ativo).

O Butantan pediu que, ao invés de placebo, o grupo controle receba a vacina CoronaVac, imunizante do instituto feito em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Assim, os voluntários da etapa A do estudo receberão a vacina em teste, a ButanVac, ou a vacina de comparação, a CoronaVac, e não haverá placebo envolvido.

+ São Paulo anuncia calendário de vacinação para adolescentes

O Instituto continua em busca de interessados em participar dos ensaios clínicos da vacina. As inscrições podem ser feitas no Hemocentro de Ribeirão Preto. Se comprovadas a segurança e a efetividade nos testes clínicos, a ButanVac tem potencial de elevar em mais de 1 bilhão por ano a atual oferta de imunizantes contra o SARS-CoV-2.



O estudo clínico da ButanVac é diferente dos ensaios clínicos clássicos realizados com os demais imunizantes contra a Covid-19 que já estão em uso, pois nele será feita uma pesquisa de comparabilidade de resposta imune.

As fases 1 e 2 são divididas nas etapas A, B e C e envolverão, no total, seis mil voluntários com mais de 18 anos. Os estudos serão realizados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

A ButanVac será produzida com uma técnica já usada na fabricação da vacina da gripe, a inoculação do vírus em ovos embrionados de galinhas. É uma tecnologia barata, o que agilizará a produção do imunizante em países em desenvolvimento que sofrem com a falta de vacinas contra a Covid-19.


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?

Tópicos

Agência Nacional de Vigilância Sanitária anticorpos astrazeneca coágulos astrazeneca efeitos colaterais astrazeneca eficácia Bolsonaro butanvac butanvac anvisa Butanvac calendário Butanvac eficiência Butanvac hoje Butanvac teste Butanvac voluntário Como é a variante indiana? Como funciona a Xepa da vacina? coronavac coronavírus Brasil coronavírus quantas cepas Covas covid covid infectados brasil covid infectados mundo Covid-19 crise sanitária curevac Dimas Covas Diretor Instituto Butantan Dobro de anticorpos efeitos colaterai vacina eficacia coronavac eficácia coronavac variante indiana eficácia curevac Eficácia da vacina brasileira eficácia pfizer eficácia pfizer primeira dose eficácia segunda dose eficacia vacina Oxford Eficiência vacina do Butantan estudo butanvac fake news fiocruz eficácia fiocruz produção fiocruz vacina Foi liberado a vacina para maiores de 18 anos? Hemocentro de Ribeirão Preto Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo imunidade imunização imunização ativa e passiva imunização de rebanho imunização SP infectados EUA covid Intituto Butantan Jair Bolsonaro Janssen eficácia Ministério da Saúde negacionismo notícias falsas O que é a variante P4 da Covid-19? pandemia pfizer efeitos adversos pfizer segunda dose placebo pni Programa Nacional de Imunização quais vacinas estão sendo aplicadas no brasil quais variantes já chegaram no Brasil? Qual é a nova variante da Índia? Quando Butanvac fica pronta? Quando tomar a vacina brasileira? quando vão liberar a Butanvac quantas vacinas Butantan Que comorbidade pode vacinar? Quem pode se vacinar SP? SARS-CoV-2 segunda dose coronavac vacina vacina balanço mundo vacina brasileira vacina butantan vacina do butantan vacina efeitos adversos vacina eficácia vacina mortes vacina mortos brasil vacina mortos mundo vacina oms vacinação variante indiana brasil variante indiana letalidade variante indiana risco variante Manaus variante tanzania voluntarios Butantan