Giro

Estudantes vão poder votar em enquete para nova data do Enem

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou em uma rede social que a nova data do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) poderá ser definida através de uma enquete com candidatos ao exame. Ele publicou em sua conta no Twitter que a enquete acontecerá entre os dias 20 e 30 de junho. Segundo ele, as datas possíveis seriam 6 e 13 de dezembro, 10 e 17 de janeiro, e 2 e 9 de maio.

A escolha das datas ocorrerá na própria página do Enem e apenas os estudantes que vão participar da prova poderão optar pela data, usando o CPF e a senha que consta no cadastro de cada um. “A iniciativa é importante para dar oportunidade aos interessados de sugerirem o melhor período para a realização das provas e garantir transparência”, explicou em nota o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), que é responsável pelo exame.

A escolha das datas ocorrerá na própria página do Enem e apenas os estudantes que vão participar da prova poderão optar pela data, usando o CPF e a senha que consta no cadastro de cada um. “A iniciativa é importante para dar oportunidade aos interessados de sugerirem o melhor período para a realização das provas e garantir transparência”, explicou em nota o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), que é responsável pelo exame.

“Entre os dias 20 e 30 de junho, os inscritos terão três opções de datas para votar, distribuídas entre os meses de dezembro deste ano, janeiro ou maio de 2021, considerando o adiamento das provas em 30, 60 ou 180 dias das datas previstas em edital”, afirmou o Inep, indicando as seguintes datas:

Enem impresso: 6 e 13 de dezembro de 2020 / Enem digital: 10 e 17 de janeiro de 2021;

Enem impresso: 10 e 17 de janeiro de 2021 / Enem digital: 24 e 31 de janeiro de 2021;ou

Enem impresso: 2 e 9 de maio de 2021 / Enem digital: 16 e 23 de maio de 2021.

Mudanças

O Enem estava marcado inicialmente para novembro, mas foi adiado, ainda sem data definida, por causa da pandemia de coronavírus. As escolas estão fechadas no Brasil para o ensino presencial e muitos estudantes não teriam como se preparar adequadamente para a prova. O estudante tem até esta quarta-feira, 10, para pagar sua taxa de inscrição.

“Principal porta de entrada para cursos do ensino superior, em universidades públicas e privadas, o Enem deste ano contou com mais de 6 milhões de inscritos, sendo que a maioria (65%) indicou que já havia concluído o ensino médio em anos anteriores. Outros 23% estão no terceiro ano e 12% são ‘treineiros’, estudantes que fazem a prova para testar conhecimentos”, disse o Inep.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?