Política

‘Estamos estudando mudar regras para uso de aviões da FAB’, diz Onyx Lorenzoni

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse, em entrevista à Rádio Gaúcha, que o governo avalia alterar as regras para uso dos aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) em agendas de membros do governo, após o ex-secretário da pasta, Vicente Santini, ter sido demitido em decisão do presidente Jair Bolsonaro por ter usado um jatinho da FAB para viajar à Índia, onde estava a comitiva presidencial.

“Vamos trabalhar para tornar isso as regras para o uso dos aviões mais claro”, disse Onyx. Segundo o ministro, o modelo que norteará o novo regulamento é uma normativa da Organização das Nações Unidas (ONU) que trata do uso de aviões por membros de governos. As novas normas levarão em conta três critérios para permitir as viagens: distância percorrida, faixa etária e volume de trabalho.

Sobre a crise iniciada com a demissão de Santini, ocorrida enquanto Onyx estava de férias, o ministro disse que “essa é uma situação a ser ajustada, passível de várias interpretações”. Onyx ainda elogiou o ex-secretário, mas afirmou que a decisão de Bolsonaro deve ser respeitada.

“Santini sempre foi uma pessoa correta e teve comportamento adequado, é preparado. Mas na opinião do presidente, ele cometeu um equivoco”, disse. Perguntado se permitiu a viagem feita por Santini, Onyx reiterou que estava de férias durante o período e, por isso, não fez parte da decisão.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?