Economia

Estados e municípios falam em perda de até R$ 115 bi com cortes no ICMS

Crédito: Agência Brasil

Desse total, R$ 27 bilhões seriam perdas de receitas para as prefeituras (Crédito: Agência Brasil )



O pacote para reduzir o preço dos combustíveis neste ano de eleições deflagrou uma guerra de números em Brasília e aumentou as incertezas para as contas públicas depois de 2022. Estados e municípios contestam as contas do governo e dizem que as perdas com o pacote estão em R$ 115 bilhões.

Desse total, R$ 27 bilhões seriam perdas de receitas para as prefeituras, segundo a Confederação Nacional de Municípios (CNM). O governo aceita compensar, porém, 22,34% (R$ 25,7 bilhões) por meio de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que abre exceção no teto de gastos para a transferência a governadores e prefeitos.

Décio Padilha: teto de ICMS deixará 26 Estados e DF ingovernáveis em 2023

Senado deve votar teto do ICMS para combustíveis e energia na próxima semana




Zeragem de ICMS pode causar migração de etanol a combustível fóssil, diz Anfavea

“Solução tabajara”, diz entidade dos caminhoneiros sobre retirada do ICMS dos combustíveis

No outro lado da guerra e na defesa das medidas, o Ministério da Economia divulgou dois estudos ontem para mostrar que governadores e prefeitos apresentam a melhor capacidade de pagamento da história.


No centro da disputa, o projeto (PLP 18), em tramitação no Senado, fixa um teto de 17% do ICMS (imposto estadual) para combustível, diesel, energia, telecomunicações, gás e transporte urbano. O projeto é considerado por governadores e prefeitos um “arrasa-quarteirão” sem volta nas finanças de Estados e municípios (estes recebem parte do ICMS) por não compensar essa perda de arrecadação, calculada em cerca de R$ 80 bilhões pelo Comitê Nacional de Secretários de Fazenda dos Estados (Comsefaz). Para essa perda, o ministro da Economia, Paulo Guedes, fechou as portas a uma compensação futura. Os Estados negociam com os senadores que a redução das alíquotas seja temporária, segundo fontes.

O governo também pressiona os Estados a reduzir a zero até dezembro a alíquota sobre o diesel e o gás de cozinha, garantindo a compensação de até R$ 25,7 bilhões, valor maior do que os R$ 22 bilhões calculados pelo Ministério da Economia. Em contrapartida, o governo reduziria a zero os tributos federais da gasolina e do etanol.

A pressão é grande porque as lideranças do Centrão, que apoiam o presidente Jair Bolsonaro, jogam todas as fichas na aposta de que os parlamentares de todos os partidos dificilmente terão condições de votar contra uma queda de impostos que pode reduzir a inflação e que vem sendo adotada por outros países.

A estratégia é expor publicamente os governadores que se recusarem a reduzir a zero o diesel neste ano de eleições gerais. Na área econômica, a avaliação é de que a flexibilidade no teto de gastos é o menor dos males. Se não der certo, o presidente não descarta decretar estado de calamidade, o que assustou ainda mais o mercado, que ontem colocou nos preços dos ativos o risco fiscal maior para 2023.

“Dentro das alternativas colocadas até agora, (a proposta do pacote) é a menos pior”, diz o ex-secretário do Tesouro Jeferson Bittencourt, hoje economista da Asa Investments. “A calamidade seria muito danosa.”

INFLAÇÃO

Segundo apurou o Estadão, na reunião de segunda-feira, números de que a inflação pode cair 3 pontos porcentuais este ano, caso todo o pacote seja implementado, reforçaram a decisão.

À frente das negociações pelos Estados, o presidente do Comsefaz, Décio Padilha, descarta que a queda dos tributos chegue aos preços. “Se zerar o ICMS, não resolve em nada o problema da escalada do preço”, disse. “Qualquer aumento que tenha do diesel, como a defasagem está em 10%, já consome todo o peso do ICMS.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.






Tópicos

abastecimento Adolfo Sachsida (Minas e Energia) adquirir diesel Agência Nacional do Petróleo alta do combustível alto preço do combustível ameaça de desabastecimento Anderson Torres (Justiça e Segurança Pública) Anfavea audiência conciliação ICMS diesel aumentar os fretes Aumento combustíveis Brasil aumento da gasolina aumento do preço do óleo diesel aumento do preço dos combustíveis aumento no diesel aumento no preço do frete aumento preço GLP autônomos barril de petróleo caminhoneiro caminhoneiros ICMS caminhoneiros inflação caminhoneiros preço diesel capacidade pagamento prefeituras governos estudo combustíveis COMBUSTÍVEIS/PREÇOS/GOVERNO/PETROBRAS/CONGELAMENTO/AMPLIA combustível combustível fóssil combustível mais comercializado Como é feito o óleo diesel? como ficou a greve dos caminhoneiros? Como ser revendedor diesel? Confederação Nacional de Municípios Conselho Nacional de Política Fazendária Consulta icms convênio autoriza Estados descontos alíquotas ICMS diesel. convênio Estados Conselho Nacional de Política Fazendária de onde vem auxílio diesel 400 desabastecimento desconto ICMS diesel Estados devolve icms diesel diesel escassez maio 2022 diesel ICMS diesel mais valor nominal diesel preço alta 4% abril diesel subiu disputa baixar preço combustíveis Divergências efeitos na atividade e controle da inflação eleições 2022 escassez de diesel Estados e municípios contestam as contas do governo estatal estudos Ministério da Economia capacidade pagamento etanol perde competitividade impostos zerados exceção no teto de gastos para a transferência a governadores e prefeitos PEC exceção teto de gastos para a transferência a governadores e prefeitos exceção teto gastos PEC frete gare icms gás de cozinha Gás Natural e Biocombustíveis gasolina GLP governo aceita compensar PEC 22% governo aceita compensar R$ 25 bilhões governo Bolsonaro governo de Jair Bolsonaro governo federal governo preço combustíveis grupo de trabalho proposta ICMS diesel guerra de números aumenta incertezas contas públicas guerra de números em Brasília e aumentou as incertezas para as contas públicas depois de 2022 ICMS ICMS do diesel ICMS do etanol ICMS estados ICMS o que é? ICMS sobre energia elétrica impactos da inflação Importação de diesel importação de diesel pelo Brasil importação de etanol anidro importações de gasolina importadores de diesel imposto zerado a todos combustíveis inflação Jair Bolsonaro lei complementar 87/96 Lei do ICMS lei em tramitação no Senado Lei Kandir lei SEnado teto de 17% do ICMS lideranças litro da gasolina litro do diesel Litro gasolina Brasil migração de etanol a combustível fóssil migração de etanol a combustível fóssil Anfavea Ministério da Economia Ministério da Economia estudo capacidade pagamento prefeituras governos motoristas de caminhão emprego O que é o imposto de ICMS? O que mudou no ICMS 2022? O que mudou no ICMS? O que se trata a Lei Kandir? óleo diesel nas refinarias organizadores das manifestações pacote para reduzir o preço dos combustíveis Palácio do Planalto PEC do IcMS apoio congresso PEC do IcMS Arthur lira PEC do ICMS combustíveis PEC do IcMS congresso PEC do ICMS entra em vigor PEC do ICMS governadores PEC do ICMS perdas PEC do ICMS preço diesel PEC do ICMS quem paga a conta PEC do ICMS redução impostos estados PEC do ICMS ressarcimento quando PEC do ICMS tributação cálculo PEC do ICMS vigência pec dos combustiveis PEC exceção teto gastos PEC ICMS votação câmara senado Petrobras Plp 18 CONSEQUÊNCIAS PLP 18 jogada eleitoreira PLP 18 perdas PLP 18 recursos PLP 18 ressarcimento PLP 18 teto de gastos PLP 19 postos de combustíveis preço preço combustíveis preço da gasolina preço do diesel preço do diesel nas refinarias preço do óleo diesel preço médio do combustível para as distribuidoras preço médio do diesel preços presidente Anfavea alerta perda competitividade etanol presidente Anfavea Márcio de Lima Leite presidente da Anfavea presidente da Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores presidente Jair Bolsonaro projeto de lei ICMS combustíveis proposta Proposta de Emenda à Constituição Qual a lei que rege o ICMS? Qual o ICMS do diesel? Qual o valor do litro do diesel hoje? Qual o valor do óleo diesel? Qual porcentagem ICMS? receitas para as prefeituras R$ 27 milhões redução preço combustíveis renda dos brasileiros reunião de conciliação ICMS diesel reunião de conciliação STF reunião de conciliação União Estados reunião sobre ICMS diesel RICMS SP risco de desabastecimento de diesel risco de desabastecimento diesel Supremo Tribunal Federal Tabela ICMS 2022 teto de 17% do ICMS teto de gastos para a transferência a governadores e prefeitos teto do ICMS Valor do diesel Valor do diesel hoje 2022 variação ICMS por Estados vendas de diesel pelas distribuidoras do Brasil vendas do combustível volume de importação zeragem do ICMS zeragem dos impostos federais e estaduais dos combustíveis zerar ICMS combustíveis