Tecnologia

Espião virtual

Crédito: Fabio X

Com o aumento do uso de videoconferências, cresce também a preocupação das pessoas com a segurança cibernética das imagens, áudio e outros conteúdos de tráfego.

Pesquisa de Riscos de Segurança de TI do Consumidor da Kaspersky revela que 59% dos usuários de dispositivos tecnológicos estão preocupados que alguém possa vigiá-los por meio de sua webcam sem eles saberem. Por outro lado, apenas 13% nunca fornecem permissão de acesso aos aplicativos e 23% sempre o faz.

As pessoas mais experientes são as mais atentas: 38% dos acima de 55 anos jamais aceitam liberar a câmera e o áudio de seu dispositivo. Foram entrevistados 15.070 consumidores adultos em 23 países, entre eles o Brasil, entre setembro e outubro de 2020, sobre suas atitudes em relação à privacidade on-line.

Fabio X

(Nota publicada na edição 1216 da Revista Dinheiro)