Economia

Esperamos que em 2 semanas Rio apresente plano de recuperação, diz Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta sexta-feira, 14, que espera aprovar formalmente o plano de recuperação fiscal do Estado do Rio de Janeiro em duas semanas. “É claro que isso depende de o Rio apresentar o plano”, ressaltou, em entrevista coletiva na sede da Fundação Getulio Vargas (FGV), onde participa de seminário sobre os desafios da economia.

Meirelles minimizou possível atraso na apresentação do plano por conta de problemas de saúde do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB). O governador irá tirar uma semana de licença médica. “Continuamos trabalhando na recuperação do Rio”, afirmou.

“Trabalhamos intensamente para que o Estado do Rio tenha um plano que de fato funcione”, disse o ministro, complementando que “um dos problemas dos governos (União, Estados e municípios) é a queda da arrecadação, produto da recessão”. Mas, segundo ele, a queda da arrecadação “vai melhorar com recuperação da economia, que se refletirá no Rio”.

Ele destacou que o Rio deve ter um período de recuperação de três anos, que poderá ser estendido por mais três anos. Destacou ainda que o empréstimo pela União de R$ 3 bilhões a R$ 4 bilhões, ancorado na venda da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) como contrapartida, poderá ter a participação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), ao lado do Banco do Brasil e, até mesmo, de bancos privados.



Meirelles esteve reunido com o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), na hora do almoço, na capital fluminense. O encontro, disse ele, foi uma “abertura de conversa” para um auxílio técnico.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel