Economia

Escritório da Casa Branca pede medida temporária pela elevação do teto de gastos

O Escritório de Gestão e Orçamento da Casa Branca emitiu um comunicado na noite desta quarta-feira no qual pede que o Congresso aprove a extensão temporária do teto dos gastos do governo federal até 22 de dezembro.

A medida temporária manteria o financiamento do governo em níveis existentes e financiaria o Programa de Seguro de Saúde da Criança durante o período. O nível atual do teto expira na sexta-feira, dia 8.

A proposta encaminhada pelo Escritório de Orçamento prevê também que não haja mudanças na política de imigração ou nas despesas de defesa neste momento, um ponto crítico nas negociações no longo prazo.

“A Administração acredita que o financiamento da segurança nacional, inclusive para os nossos militares protegerem a fronteira do sul e melhorarem a capacidade de defesa de mísseis, deve ser priorizado em um acordo de financiamento de longo prazo, e continuará trabalhando com o Congresso para conseguir isso objetivo”, diz o texto do Escritório.

Mais cedo nesta quarta-feira, o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que a paralisação de financiamento do governo “poderia acontecer” caso os democratas não mudassem a posição sobre a imigração.

Tópicos

EUA temporário teto