Giro

Escorpiões estão cada vez mais ameaçados, revela novo estudo

Crédito: Reprodução/Pexels

O comércio de espécies exóticas e o aumento dos negócios de extração do veneno está pondo em risco a sobrevivência das espécies (Crédito: Reprodução/Pexels)

Existem mais de 2.500 espécies de escorpiões em todo o mundo, e embora estes animais sejam conhecidos pelo seu veneno, apenas cerca de 50 espécies possuem um veneno fatal.



O desenvolvimento do comércio de espécies exóticas e o aumento dos negócios de extração do veneno de escorpião para a indústria farmacêutica está pondo em risco a sobrevivência das espécies, indica um novo estudo da Universidade de Turku, na Finlândia.

+ Pandas deixam perigo de extinção mas continuam muito vulneráveis

O interesse pelo veneno de escorpião infelizmente levou à situação em que enormes quantidades de animais estão sendo retiradas da natureza. Por exemplo, uma informação foi divulgada nas redes sociais no Irã de que o veneno de escorpião custa dez milhões de dólares por litro.

É importante entender que muito antes de uma espécie desaparecer, o número de indivíduos nas populações diminui e a espécie fica em perigo. Isso significa que o risco de extinção aumentou. Com os escorpiões, a pressão para colheita excessiva de populações para extração de veneno e o comércio de animais de estimação exóticos ameaça especialmente as espécies com uma pequena distribuição. Os escorpiões também se reproduzem de forma relativamente lenta quando comparados com vários outros invertebrados. Além da grande pressão para colher esses animais, estes também são ameaçados pela destruição do habitat.

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022



Torna-se assim urgente obter mais informação sobre as várias espécies de escorpiões e as suas populações, de maneira a combater o seu declínio. Muitas devem ser colocadas com um estatuto de conservação que possibilite a sua proteção, algo que já acontece com algumas das espécies.

Com conhecimento, podemos ajudar as pessoas a compreender que muitas espécies estão em perigo de extinção devido à colheita excessiva. Também é importante se certificar de que as pessoas compreendem que não existe mercado para o veneno produzido em fazendas amadoras de escorpiões.


Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto